Eles brilharam por times menores nos Estaduais e podem reforçar seu time

Do UOL, em Santos (SP)

  • PontePress/FábioLeoni

    Jovem Felippe Cardoso, de apenas 19 anos, vem se destacando pela Ponte Preta

    Jovem Felippe Cardoso, de apenas 19 anos, vem se destacando pela Ponte Preta

O campeonato estadual, seja de onde for, é uma ótima oportunidade para jogadores de times menores demonstrarem seu valor e, quem sabe, virarem reforço de uma equipe de mais nome. Foram vários os destaques em 2018, e o UOL Esporte separou 20 jogadores que se encaixam nesse perfil – da posição de goleiro a atacante. Confira:

César, goleiro do Londrina. Mostrou bons reflexos e segurança na meta do Tubarão. Tem 23 anos e deverá jogar a Série B pelo clube. Foi especulado no Palmeiras no final do ano passado.

Alex Reinaldo, lateral direito do São Caetano. Ajudou - e muito - o São Caetano com assistências para gols, duas delas em jogos contra os gigantes Palmeiras e São Paulo. Hoje com 27 anos, jogador havia se destacado em 2017.

Emerson, lateral direito da Ponte Preta. Mais um prata da casa que se destacou pela Ponte Preta no Paulistão. Foi autor do gol do título do Troféu do Interior e já negocia com o Atlético-MG. Tem apenas 19 anos.

Israel de Oliveira/Ponte Preta

Alex Fraga, zagueiro do Maringá. Com passagem pelo Atlético-PR, reencontrou-se no Maringá, ajudando o time a se classificar no segundo turno e chegando a disputar a artilharia do Paranaense, com cinco gols. Tem 31 anos.

Mascarenhas, lateral esquerdo do Botafogo-SP. Revelado pelo Flu, foi uma das principais armas do time que chegou às quartas do Paulistão. Com o fim do empréstimo, o futuro do jogador de 19 anos ainda é uma incógnita.

Patrick Brey, lateral esquerdo do Tupi-MG. Jogador de 20 anos foi um dos destaques do Tupi-MG no Campeonato Mineiro. Não à toa, já está quase certo com o Cruzeiro.

Marcelo, volante do Volta Redonda. Velho conhecido do futebol carioca, o jogador de 29 anos mostrou novamente seu potencial nesta edição da competição. Merece ser olhado com atenção.

Alisson Farias, meia do Brasil-RS. Jogador de 22 anos pertence ao Inter e está emprestado ao Brasil de Pelotas, finalista do Gauchão. Não será chamado de volta porque o Colorado acha interessante que ele dispute a Série B.

Divulgação/SC Internacional

Alexandre, meia do Avenida-RS. Experiente, tem 33 anos e foi um dos destaques do time semifinalista do Gauchão, com três gols em 12 jogos. Acertou com o São José-RS.

Nonato, meia do São Caetano. Revelado nas categorias de base do próprio clube do ABC, o meia de apenas 20 anos ganhou espaço na reta final do Paulistão e foi titular nas quartas de final contra o São Paulo, atuando bem.

Junior Lemos, meia do Central-PE. Um dos destaques do Central, finalista do Pernambucano, e principal responsável pela maioria das jogadas de criação da equipe que é surpresa na atual edição do Estadual. Tem 24 anos.

Bruno Matos, meia do Juazeirense. Fez dois gols e se destacou na armação da equipe do Juazeirense, semifinalista do Baiano. Jogador de 27 anos, interessa ao Bahia.

Batista, atacante do Tubarão. Jogador de 22 anos marcou cinco gols no Catarinense e ajudou o Tubarão a ficar com o terceiro lugar do Estadual, atrás apenas de Chapecoense e Figueirense.

João Carlos, atacante do Cabofriense. Um dos destaques do Carioca, fez quatro gols e está quase certo com o Fluminense. Tem 23 anos.

Pipico, atacante do Macaé. Experiente e com passagem pelo Vasco, o atacante de 33 anos se destacou no Carioca, tanto que foi o vice-artilheiro mesmo sem disputar as fases finais, com seis gols. Renovou recentemente com o Macaé.

Rui Porto Filho/AGIF

Jackson, atacante do Bonsucesso. Seu time parou ainda na primeira fase do Campeonato Carioca, mas ainda assim o jovem de 22 anos conseguiu se destacar. Foram gols em quase todos jogos: cinco em sete partidas.

Alisson Safira, atacante do Novorizontino. Atacante de 23 anos fez quatro gols pelo no Paulistão e ajudou o time do interior a chegar às quartas de final. Pertence ao Londrina e está na mira de Coritiba e Ponte Preta.

Felippe Cardoso, atacante da Ponte Preta. Atacante de apenas 19 anos subiu este ano para o profissional e logo ganhou a posição de titular. Disputou nove jogos no Paulista e marcou três gols.

Divulgação/Ponte Preta

Salatiel, atacante do Juazeirense. Com seis gols, ajudou - e muito - o Juazeirense a chegar nas semifinais do Campeonato Baiano. Tem 25 anos e está na mira do Bahia.

Edson Cariús, atacante do Floresta. Sem os gols do atacante de 29 anos (foram oito no Cearense), o modesto Floresta dificilmente teria alcançado as semifinais. O time disputou a elite pela primeira vez em sua história.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos