Guardiola cita "fantástico Firmino" e quer noite perfeita por classificação

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

  • Jan Kruger/Getty Images

Depois de sofrer duas derrotas seguidas pela primeira vez na temporada, no momento mais decisivo da campanha, o Manchester City tenta se recuperar emocionalmente em busca de uma vaga na semifinal da Liga dos Campeões. Por isso, Josep Guardiola planeja uma partida impecável para receber o Liverpool no Estádio Etihad, às 15h45 (de Brasília) desta terça-feira, com as esperanças de reverter a goleada de 3 a 0 sofrida no confronto de ida, em Anfield.

"Para nos classificarmos temos de fazer um jogo praticamente perfeito, com muitas chances criadas e ter precisão na hora de finalizar, além de oferecer poucas oportunidades para o adversário", declarou o treinador nesta segunda-feira, em alusão às diversas oportunidades desperdiçadas no revés em casa de virada no clássico contra o Manchester United, no sábado, quando a equipe abriu 2 a 0 no placar no primeiro tempo, levou a virada de 3 a 2 na etapa complementar e viu o título inglês ser adiado. "Claro que sabemos quantos gols precisamos marcar contra o Liverpool, mas temos de conseguir o primeiro antes de pensar nos outros", disse.

No reencontro com os Reds, os Citizens precisam marcar ao menos três gols, sem serem vazados, para decidir a classificação nos pênaltis. Qualquer triunfo por quatro tentos de vantagem coloca o time de Guardiola a duas partidas da grande decisão.

"Se não formos capazes de nos recuperarmos psicologicamente dos últimos jogos, isso será uma lição para o futuro, porque estaremos no clube por um longo período, principalmente os jogadores. Será um ótimo teste para nós, um grande desafio", complementou.

No clássico de ida, o City sucumbiu no caldeirão de Anfield. Em apenas 31 minutos, o Liverpool abriu 3 a 0 no marcador, em grande noite de Roberto Firmino, Sadio Mané e Mohamed Salah, que saiu de campo lesionado e se recupera para o duelo decisivo.

"As transições deles são muito velozes e difíceis de marcar, porque ocupam muito bem os espaços", analisou Pep. "O Firmino é um jogador fantástico, e Salah e Mané são muito rápidos. Mas o que aconteceu em Anfield não vai mudar a maneira que penso sobre a maneira que devemos jogar".

As equipes já se enfrentaram três vezes na temporada. Além do embate da semana passada, o City massacrou o Liverpool por 5 a 0, no Etihad, pela Premier League, em setembro, quando Mané foi expulso com 37 minutos de jogo. Em janeiro, os comandados de Jürgen Klopp triunfaram por 4 a 3 em Anfield, pelo Campeonato Inglês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos