Após título, Botafogo tira peso das costas e tentará meta ambiciosa em 2018

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

O título do Campeonato Carioca caiu como uma luva no Botafogo. Além do doce sabor da vitória, a conquista terá papel fundamental em vários outros segmentos do clube. O primeiro é de reatar a lua de mel com a torcida, que andava abalada após a reta final de 2017.

Além disso, ao conquistar a principal chance de título do ano, o Botafogo tira um peso das costas e encara o restante da temporada com maior leveza. Isso, porém, não quer dizer que as metas não são ambiciosas. Pelo contrário.

Mesmo com a taça do Carioca na sala de troféus, o Botafogo tem como objetivo chegar o mais longe possível na Copa Sul-Americana e no Campeonato Brasileiro, competições restantes em 2018.

Para o torneio internacional, a expectativa é pensar jogo a jogo já que se trata de uma competição eliminatória. Porém, a sensação da diretoria é que o grupo se encontrou com Alberto Valentim e tem condição de fazer bom papel. Apesar da dificuldade, o título faz parte dos planos.

No Brasileiro, a situação é mais cautelosa. A primeira meta é se manter na prineira divisão. Como a regra para chegar á Libertadores está mais acessível, o Botafogo vê como objetivo mais distante a classificação para a maior competição da América do Sul.

O primeiro desafio do agora campeão Botafogo ocorre já nesta quinta-feira, quando iniciará sua trajetória na Sul-Americana contra o Audax Italiano-CHI, em Santiago. A partida marcará o encontro com o ídolo Loco Abreu, que agora defende os chilenos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos