Mateus Vital critica torcedor que citou morte da sua mãe: "Pior que soco"

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Vorley/AGIF

    Mateus Vital ganhou a vaga de titular do Corinthians na reta final do Paulistão

    Mateus Vital ganhou a vaga de titular do Corinthians na reta final do Paulistão

Três dias depois de receber uma mensagem que ironizou a morte da sua mãe, o meia corintiano Mateus Vital lamentou a atitude do torcedor e disse que "as palavras violentaram mais que um soco".

A mensagem foi enviada minutos depois de o Corinthians conquistar o Campeonato Paulista na final contra o Palmeiras, em pleno Allianz Parque. Nela, o torcedor lembra da fatalidade com a mãe do atleta, que morreu assassinada em 2007 após uma tentativa de assalto no Rio de Janeiro - o atleta, que tinha nove anos, presenciou a cena.

De acordo com Mateus Vital, o torcedor já havia mandado uma mensagem de mesmo teor ao fim da partida de ida, marcada pela derrota corintiana em Itaquera.

"Vou ser sincero. Fiquei bem triste com o que aconteceu. Ele já tinha feito isso, mas não falei nada. No jogo de volta, eu cheguei no ônibus, tinha acabdo de ganhar o título, estava feliz e aquela mensagem me afetou muito", disse o meia, que decidiu mostrar a mensagem a todos.

Reprodução
Vital recebeu mensagem após o título

"Pensei que tinha de tomar uma atitude. Falei com a minha namorada, minha família e eles acharam legal eu postar. É lamentável um ser humano faça o que ele fez, com palavras que violentaram mais que um soco. Isso me afetou muito, fiquei muito triste e fui para casa bem pensatrivo. Tomei aquela atitude para o pessoal repensar, porque é lamentável", explicou Mateus Vital.

Segundo o jogador de 20 anos, medidas judiciais não serão tomadas, embora não haja perdão para a atitude do torcedor, que no mesmo dia apagou sua conta no Instagram. 

"A gente estava falando disso lá em casa. Acho que não, a atitude que tinha de tomar já tomei. Ele até mandou uma mensagem depois pedindo perdão, mas ele fez aquilo duas vezes. Ele pensou antes de fazer, é da índole dele fazer isso, mas é lamentável um ser humano tenha atitudes como essa", afirmou o corintiano.

Mateus Vital chegou ao Corinthians no começo deste ano após brilhar pelo Vasco na temporada passada. No time paulista, o meia logo se destacou e virou titular. No jogo do título, ele construiu a jogada do gol marcado por Rodriguinho no começo do jogo, responsável por levar a decisão para os pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos