Na Argentina, árbitro Fifa não vê a bola sair e marca pênalti absurdo

Do UOL, em São Paulo

Um erro inusitado da arbitragem foi determinante na vitória do Chacarita Juniors sobre o Estudiantes de la Plata. Dono do escudo da FIFA, Nestor Pitana não percebeu que a bola havia cruzado a linha de fundo, deu sequência na jogada e, em seguida, marcou pênalti a favor dos visitantes.

O lance aconteceu aos 14 minutos. A bola foi recuada para o goleiro Sappa, que deu um chutão para frente. Ela caiu no pé do adversário, que imediatamente emendou para o gol. Só que a pelota foi desviada pelo braço de Desábato, e Pitana assinalou a penalidade.

O problema foi que a bola ultrapassou quase dois metros depois da linha e o árbitro não viu. Mesmo que a bola tenha batido no braço do capitão, o lance deveria ser interrompido. Não foi. Matos cobrou e converteu. Depois, no segundo tempo, Menéndez ampliou e deu a vitória por 2 a 0 para o 25º colocado. O Estudiantes perdeu, mas se manteve na 12ª colocação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos