Topo

Futebol


Postura de dirigente da base gera incômodo no São Paulo

Marcello Zambrana/AGIF
Presença de Liziero no profissional no começo do ano foi motivo de atrito no SP Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

2018-04-11T04:00:00

11/04/2018 04h00

Na última segunda-feira, o São Paulo esperava usar seu time sub-20 no treino dos profissionais no CT da Barra Funda. Horas antes do início da atividade, no entanto, a comissão técnica foi informada de que os garotos não seriam mais enviados e que os representantes de Cotia no trabalho seriam da equipe sub-19. Foi uma decisão do diretor associado de futebol de base, José Roberto Canassa, o que gerou incômodo no clube.

Episódios do tipo têm ocorrido com frequência desde que Canassa passou a ser o principal dirigente de Cotia, em outubro. Dorival Júnior também chegou a ser afetado por mudanças de última hora ainda viu o cartola barrar seu pedido por Liziero, Igor Gomes e Toró no profissional.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Mais Futebol