Postura de dirigente da base gera incômodo no São Paulo

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Presença de Liziero no profissional no começo do ano foi motivo de atrito no SP

    Presença de Liziero no profissional no começo do ano foi motivo de atrito no SP

Na última segunda-feira, o São Paulo esperava usar seu time sub-20 no treino dos profissionais no CT da Barra Funda. Horas antes do início da atividade, no entanto, a comissão técnica foi informada de que os garotos não seriam mais enviados e que os representantes de Cotia no trabalho seriam da equipe sub-19. Foi uma decisão do diretor associado de futebol de base, José Roberto Canassa, o que gerou incômodo no clube.

Episódios do tipo têm ocorrido com frequência desde que Canassa passou a ser o principal dirigente de Cotia, em outubro. Dorival Júnior também chegou a ser afetado por mudanças de última hora ainda viu o cartola barrar seu pedido por Liziero, Igor Gomes e Toró no profissional.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos