"Guardiola à Brasileira", F. Diniz faz estreia internacional no Atlético-PR

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Reprodução TV CAP

    Fernando Diniz fará seu primeiro jogo oficial internacional como técnico

    Fernando Diniz fará seu primeiro jogo oficial internacional como técnico

Elogiado desde os tempos de Audax pela crítica especializada do centro do Brasil por conta de seu estilo de jogo que privilegia a posse de bola e exige dos seus jogadores uma movimentação intensa e muitas trocas de passes, o técnico Fernando Diniz terá sua estreia internacional nesta quinta-feira, 19h15, diante do Newell's Old Boys, da Argentina, pela Copa Sul Americana. Comandando o Atlético Paranaense, Diniz terá a chance de repercutir na América Latina as razões pelas quais é comparado a Pep Guardiola, badalado técnico do Manchester City.

Em nove anos como treinador, Fernando Diniz rodou apenas por times de pequeno porte, exceção feita a uma passagem de 17 jogos pelo Paraná Clube, em 2015, quando o tricolor paranaense estava na Série B nacional. Comandar o Atlético é a maior oportunidade da carreira do ex-jogador do Fluminense, Corinthians e Cruzeiro, entre outros. Contra o São Paulo pela Copa do Brasil, dividiu opiniões, mas saiu vitorioso.

"O curioso é que o maior Newell's da história, vice da Libertadores para o São Paulo, era o time do Marcelo Bielsa. E muitos daqueles jogadores se tornaram grandes técnicos, como o Tata Martino, o Maurício Pochettino... e o Guardiola é escola bielsista, total", relembra o comentarista Julio Gomes, do UOL Esporte, que limita as comparações entre o já mítico técnico e Diniz: "A comparação é porque ele pensa o futebol de um jeito diferente e, o principal, é fiel a estes princípios. Não é que o estilo Diniz é igual ao estilo Guardiola. E, sim, a lealdade com as próprias convicções. No futebol sul-americano não dá nem para pensar em repetir o que é feito lá na Europa. Ainda assim, Diniz procura ser criativo em suas equipes e vai poder mostrar aos argentinos isso".

Nos números, porém, Diniz ainda não atingiu seu modelo ideal de jogo. Em cinco jogos no ano – o Atlético usou um time completamente diferente no Estadual, com outro técnico – são três empates e duas vitórias. O time teve dificuldades físicas claras, pela falta de ritmo de jogo. Teve menos posse de bola que o São Paulo (46 a 54%), menos arremates a gol (8 a 16) e fez mais faltas (14 a 12). Os times trocaram praticamente o mesmo número de passes (487 a 478). Os gols atleticanos na vitória por 2 a 1 saíram de contra-ataque e de bola parada. Mas, mesmo assim, a equipe não fugiu ao "Estilo Diniz", saindo em toque de bola e evitando o chutão.

ATLÉTICO-PR X NEWELL'S OLD BOYS-ARG

Data: 12 de Abril de 2018, quinta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Motivo: 1ª fase da Copa Sul-Americana
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Gery Vargas (BOL)
Auxiliares: Juan P. Montaño (BOL) e Reluy Vallejos (BOL)

Atlético: Santos; Esteban Pavez, Paulo André e Thiago Heleno; Jonathan (Raphael Veiga), Lucho González, Raphael Veiga (Camacho) e Thiago Carleto; Guilherme, Pablo e Nikão. Técnico: Fernando Diniz.

Newell's: Ibañez (Pocrnjic); San Román, Varela, Fotanini e Evangelista; Sills, Rivero e Figueroa; Torres, Fertoli e Leal (Opazo). Técnico: Omar de Felippe.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos