Cruzeiro tem ajuda para evitar taxa em vendas de Lucas Silva e V. Araújo

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Lucas Silva trocou o Cruzeiro pelo Real Madrid em 2015. Fisco espanhol cobra clube mineiro

    Lucas Silva trocou o Cruzeiro pelo Real Madrid em 2015. Fisco espanhol cobra clube mineiro

O Cruzeiro contratou um escritório no exterior para lutar contra a nova taxação do fisco da Espanha. Assim como clubes de outras nações, a Raposa recebeu uma notificação explicando que poderia ceder até 20% do valor das negociações com equipes do país europeu.

As vendas de Lucas Silva e Vinícius Araújo para Real Madrid e Valencia, ambos da Espanha, estão sob investigação. Os mineiros repassaram o fato a um escritório local a fim de evitar o pagamento.

Fabiano Oliveira Costa, diretor jurídico do Cruzeiro, confirma o fato ao UOL Esporte e demonstra otimismo em relação a um desfecho positivo.

"Contratamos um escritório na Espanha para acompanhar [a situação]. Eles estão querendo taxar novamente todos os clubes que venderam atletas para lá. Cruzeiro, Corinthians e São Paulo são um exemplo. Mas não são apenas os brasileiros. Estamos apresentando toda a documentação necessária para isso. E temos confiança em um desfecho positivo", disse.

As notificações enviadas ao Cruzeiro são referentes às vendas de Vinícius Araújo para o Valencia por 3,5 milhões de euros (R$ 11,5 mi à época) e Lucas Silva para o Real Madrid por R$ 40 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos