Em conflito com Palmeiras, FPF devolve camarote que usava no Allianz Parque

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

  • Danilo Lavieri

Por ordem do presidente Reinaldo Carneiro Bastos, a Federação Paulista de Futebol devolveu o camarote que utilizava no Allianz Parque em dia de jogos do Palmeiras, apurou a reportagem do UOL Esporte. A Crefisa, patrocinadora do clube, ficará com a cessão do espaço.

A decisão da entidade ocorre em meio ao conflito entre FPF e Palmeiras por conta da suspeita de interferência externa à arbitragem na segunda final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians, na arena alviverde, em 8 de abril. No segundo tempo do clássico, o juiz Marcelo Aparecido de Souza havia anotado penalidade do volante corintiano Ralf em cima do atacante palmeirense Dudu, mas voltou atrás.

A dúvida com relação à marcação deixou a partida interrompida por oito minutos. Baseado em imagens das câmeras de segurança do estádio, o Palmeiras defende que a decisão sofreu influência externa de Dionísio Roberto Domingos, chefe de arbitragem da FPF, que surgiu à beira do gramado durante a confusão. A entidade nega. O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) abriu investigação sobre o caso e marcou audiência para o dia 23 deste mês.

O acordo para a cessão do camarote no Allianz Parque era fruto de uma parceria entre o clube e a entidade, que pagava pelo número de ingressos utilizados a cada partida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos