Real pode se defender de acusações de favorecimento na justiça, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Paul Hanna/Reuters

    Vazquez cai na área após contato de Benatia, e árbitro marca pênalti

    Vazquez cai na área após contato de Benatia, e árbitro marca pênalti

De acordo com reportagem do jornal "Marca", o Real Madrid planeja campanha institucional contra as insinuações de favorecimento. Torcedores do clube têm ouvido acusações do tipo desde o pênalti marcado a favor do clube contra a Juventus nessa quarta-feira (11), e a polêmica pode chegar à justiça.

O Real chegou à partida em questão depois de ter vencido a Juventus por 3 a 0 na Itália no jogo de ida, válido pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Na volta, os italianos iam devolvendo o placar até que o árbitro marcou pênalti polêmico a favor dos espanhóis na reta final do confronto. Cristiano Ronaldo converteu e garantiu a classificação dos mandantes para as semifinais.

O clube entende ter fãs espalhados pelo mundo e se preocupa com a repercussão de acusações do tipo, feitas por torcedores rivais e por membros da mídia. Segundo o Real, insinuações do tipo tiram o mérito esportivo dos feitos.

A diretoria do clube da capital se planeja para tomar ações legais contra quem faz acusações do tipo. Torcedores, jornalistas e até rivais estão na mira.

Por isso, o Real já busca quem constantemente acusa o clube de ser favorecido em sorteios e pela arbitragem durante suas partidas. Os jogadores também já receberam aval para se posicionarem de maneira forte em entrevistas e pronunciamentos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos