Pressionado na Libertadores, Cruzeiro põe investimento à prova no Chile

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Gualter Naves/Light Press

    Cruzeiro precisa vencer a Universidad de Chile fora de casa para seguir na briga

    Cruzeiro precisa vencer a Universidad de Chile fora de casa para seguir na briga

O investimento milionário do Cruzeiro em 2018 será colocado à prova nesta quinta-feira (19), pela terceira rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores. Com uma folha salarial de R$ 13 milhões e investimentos que superam os R$ 25 milhões, o time precisa vencer a Universidad de Chile fora de seus domínios para seguir sonhando com a vaga nas oitavas de final do torneio.

Nos dois primeiros jogos, a Raposa obteve apenas um ponto, ao empatar com o Vasco por 0 a 0 em pleno Mineirão. O outro duelo foi um revés para o Racing, da Argentino, por 4 a 2. Hoje, os mineiros ocupam a lanterna ao lado do time carioca. Chilenos e argentinos estão na liderança, com quatro pontos cada.

A atual diretoria fez uma aposta arriscada para a atual temporada e decidiu investir pesado na busca por títulos relevantes. E o primeiro passo foi aumentar a folha salarial.

A chegada de nomes como Fred, Bruno Silva, Mancuello e Edilson elevou bastante os gastos em vencimentos. Em 2017, os números eram próximos de R$ 9 milhões por mês. Hoje, o valor chega a R$ 13 milhões mensais.

Só que a folha salarial não foi o único investimento elevado da atual cúpula. A aquisição de atletas, financiada por empréstimos bancários avaliados em R$ 50 milhões, também movimentou muito dinheiro.

Bruno Silva - ex-Botafogo - custou R$ 6 milhões, Mancuello, que pertencia ao Flamengo, demandou os mesmos R$ 6 milhoes e David foi comprado por R$ 10 milhões do Vitória. Somente este trio custou R$ 22 milhões. Ainda houve dinheiro envolvido na contratação de Edilson, negócio que culminou também nas idas de Alisson e Tony Anderson para o Grêmio. O valor do negócio não é revelado.

Os gastos milionários fazem com que o sucesso seja necessário na Toca da Raposa II. A simples participação na fase de grupos já garante US$ 1,8 mi (R$ 6 mi) ao clube. Avançar para o estágio seguinte da Libertadores garante mais US$ 750 mil (R$ 2,5 milhões na cotação atual) em receita como premiação, além da possibilidade de fazer bilheteria.

O próprio clube reconhece que o investimento será recompensado - e mantido - somente com títulos e adesão maciça ao programa de sócio-torcedor.

"Eu acredito que vamos chegar aos 100 mil sócios, vamos bem na Libertadores. Vamos ser campeões da Libertadores? É o que queremos. Vamos saber se seremos campeões vencendo os jogos e acredito que vamos vencê-los. Vamos nos classificar na primeira fase, condições de brigar pelo título e aí conseguiremos continuar buscando grandes nomes", disse Itair Machado, vice-presidente de futebol, em entrevista ao UOL Esporte, no início de março.

Ficha técnica
Universidad de Chile x Cruzeiro

Motivo: 3ª rodada do Grupo 5 da Libertadores
Local: Estádio Nacional Julio Martínez, em Santiago (CHI)
Data: 19 de abril de 2018 (quinta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Víctor Carrillo (PER)
Assistentes: Jonny Bossio (PER) e Raul Lopez Cruz (PER)

Universidad de Chile
Johnny Herrera; Vilches, Rodrigo Echeverría, Gonzalo Jara e Matias Rodríguez; Reyes, David Pizarro Cortés, Beausejour e Angelo Araos; Yefferson Soteldo e Mauricio Pinilla.
Técnico: Ángel Hoyos.

Cruzeiro
Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Thiago Neves; Rafinha e Arrascaeta.
Técnico: Mano Menezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos