Volante se apresenta buscando recomeço e prometendo raça no Atlético-MG

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Volante assinou por empréstimo até o fim do ano; Atlético terá opção de compra

    Volante assinou por empréstimo até o fim do ano; Atlético terá opção de compra

Nesta tarde de sexta-feira, o Atlético-MG apresentou o volante Matheus Galdezani. O volante de 26 anos foi anunciado na quarta-feira da semana passada e assinou contrato de empréstimo até dezembro deste ano. O jogador já realizou seu primeiro treinamento com os novos companheiros e falou pela primeira vez como profissional do Galo. Em poucas palavras, ele prometeu muita dedicação para reconquistar o futebol que o colocou nos holofotes nos tempos de Coxa.

"Estou muito feliz de poder vestir a camisa do Atlético. Todo time passa por fases ruins, mas acho que não estamos nessa fase. O time está se encaixando, tenho certeza que vamos fazer um grande campeonato neste ano", comentou o jogador.

"Da minha parte, nunca faltou dedicação e raça. Por onde passei, as pessoas sempre gostaram de mim por causa disso. Aqui não será diferente, raça e dedicação não faltarão", acrescentou.

Revelado no Desportivo Brasil, Galdezani chegou ao Coritiba em 2017, depois de passagens pelo CRB, Juventude e Sport. No ano passado, o volante fez 37 partidas com a camisa do Coxa e virou uma das referências da equipe, mas caiu de produção junto com a equipe e não conseguiu evitar o rebaixamento para a Série B.

"Quando o Marcelo Oliveira chegou, ele teve sua maneira de trabalhar e optou em usar alguns jogadores que ele gostava e que achou que estavam melhores que eu. Eu realmente não estava jogando bem no segundo turno do Coritiba, mas saí com a cabeça erguida. Agora estou aqui no Atlético e quero mostrar meu valor aqui dentro", acrescentou.

Galdezani é o primeiro reforço atleticano para o Campeonato Brasileiro. Desde o início da temporada, a diretoria sofre pressão para montar um time competitivo. Em março, o diretor de futebol Alexandre Gallo revelou que o clube buscaria de três a quatro nomes para o Brasileirão com capacidade para chegar e jogar. Apesar da declaração, não é certo que Galdezani será titular com Thiago Larghi, que já tem Adilson e Elias no time principal, além do garoto Gustavo Blanco em alta e pedindo passagem. Se for escalado mais à frente, terá a concorrência de nomes como Cazares e Tomás Andrade.

"Sempre joguei de segundo volante, mas estou à disposição para o que o professor precisar. Sei da qualidade de cada um, mas vim para brigar pelo meu espaço", concluiu.

UOL Cursos Online

Todos os cursos