De virada, United vence Tottenham e vai à final da Copa da Inglaterra

Do UOL, em São Paulo

  • Carl Recine/Reuters

O Manchester United até saiu perdendo, mas conseguiu reverter o placar e se classificou para a decisão da Copa da Inglaterra ao vencer o Tottenham, em Wembley, por 2 a 1.

Apesar de ter saído atrás logo no início do primeiro tempo, o time de José Mourinho seguiu com a sua proposta e conseguiu o empate com Alexis Sánchez ainda nos primeiros 45 minutos. Na volta do intervalo, o United buscou a virada com Ander Herrera e administrou a classificação até o apito final.

Com o título do Campeonato Inglês já definido, essa é a única chance de o Manchester United conquistar um título na temporada. Agora, eles esperam o vencedor da próxima semifinal, entre Chelsea e Southampton, neste domingo, às 11h, para saber quem enfrentará na final, que acontece no dia 19 de maio.

Lucas Moura no banco 

David Klein/REUTERS

Há pouco tempo na Inglaterra, o ex-São Paulo começou a partida como reserva. Aos 22 minutos do segundo tempo, o técnico Mauricio Pocchetino colocou o brasileiro no lugar do lateral esquerdo Davies. Jogando aberto pelos lados, Lucas pouco rendeu e não jogou bem.

Equilíbrio e estilos opostos marcam a partida

Carl Recine/Reuters

Durante os 90 minutos, os dois times jogaram respeitando as propostas de jogo que demonstraram o ano inteiro, deixando a partida equilibrada. Desde o início o Tottenham se lançou mais ao ataque e criou mais oportunidades, principalmente com cruzamentos baixos passando à frente do gol de De Gea, em uma dessas abriu o placar. Enquanto o United procurava os espaços deixados pelo adversário para buscar o contra-ataque.

Dele Alli brilha na primeira parte

David Klein/REUTERS

Jogador mais acionado pelo Tottenham, Dele Alli comandou quase todas as jogadas de ataque do time londrino. As diversas chances criadas resultaram no primeiro gol do jogo, marcado pelo próprio Alli. Logo aos dez minutos do primeiro tempo, o Totthenham aproveitou para abrir o placar em um ataque fulminante. Davinson Sánchez acertou um belo lançamento para ChristianEricksen, que, em um cruzamento certeiro, achou Dele Alli colocar a bola para dentro.

Na vontade, Manchester United consegue a virada

Carl Recine/Reuters

Criando mais que o adversário, parecia que o Tottenham conseguiria se impor contra a forte defesa do United e ampliar o placar. Porém, o Manchester não se abateu e conseguiu com Sánchez, de cabeça em boa jogada de Pogba, ao 23 minutos do primeiro tempo, e com Ander Herrera, aos 16 da segunda etapa, virar para cima do adversário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos