Galo abate parte da dívida de Elias com venda de jovem e parcela R$ 2,5 mi

Marcus Alves, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Lisboa e Belo Horizonte

Atlético-MG e Sporting selaram um acordo sobre a dívida envolvendo a volta de Elias ao Brasil. Os mineiros, agora, devem 600 mil euros (R$ 2,5 milhões na cotação atual) aos portugueses.

O Galo assinou com o meio-campista de 33 anos por 2,5 milhões de euros (R$ 8,4 mi à época) em fevereiro de 2017. Contudo, não quitou todas as parcelas e foi acionado pelo time lisboeta na Fifa.

Para buscar um acordo, a equipe mineira aceitou negociar a venda de Marco Tulio, de apenas 20 anos. O garoto deixa Belo Horizonte por 900 mil euros (R$ 3,7 milhões) e o valor é abatido da antiga dívida. Desta forma, o débito fica em 600 mil euros.

O montante em aberto entre Atlético e Sporting será parcelado. O número de prestações, contudo, não é revelado pelas partes. O primeiro depósito está previsto para maio de 2018.

Marco Tulio é esperado no Sporting a partir de domingo. Ele passará por exames médicos e fará uma visita às dependências do clube. Se for aprovado na avaliação clínica, o jogador assinará por cinco temporadas e terá multa rescisória de 60 milhões de euros (R$ 252,5 mi).

Antes da ida para a capital de Portugal, os agentes dele receberam visitas de olheiros de Ajax, da Holanda, Villarreal, da Espanha, e Rapid Vienna, da Áustria. Frederico Moraes e Flávio Alexandre, agentes do garoto, foram os responsáveis por alinhavar o acordo.

A transferência para a Europa era trabalhada há algum tempo e a escolha pelo time português se deu também pela participação de Frederico na ida de Wendel para o Sporting.

O curioso é que a postura do Atlético mudou conforme o vazamento da notícia. A princípio, nos bastidores do clube, falava-se em um acordo para quitar o débito referente à transação de Elias.

Contudo, após o vazamento da notícia, o clube adotou um comportamento completamente distinto e chegou a revelar que a venda de Marco Tulio será apenas para abater o montante. O próprio time mineiro diz que haverá o parcelamento do restante do valor.

"Em razão de cláusulas de confidencialidade previstas nos contratos, os valores envolvidos não serão divulgados, mas o Atlético esclarece que permanecerá detentor de parcela dos direitos econômicos do jogador e que o acordo engloba também o parcelamento do débito referente à aquisição dos direitos do atleta Elias junto ao clube português", informou por meio de seu departamento de comunicação.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos