Aos 73 anos, ex-goleiro ironiza interesse de Boca em Buffon: 'Sou melhor'

Do UOL, em São Paulo

  • EFE/Kiko Huesca

    Para Hugo Gatti (de azul), Boca Juniors precisa de um goleiro mais jovem

    Para Hugo Gatti (de azul), Boca Juniors precisa de um goleiro mais jovem

O interesse do Boca Juniors no goleiro Gianluigi Buffon, da Juventus, ganhou a rejeição de um nome histórico do clube argentino: Hugo Gatti, goleiro que defendeu o próprio Boca entre 1976 e 1988.

Em entrevista ao programa Los Más Grandes, da Rádio Cooperativa, "El Loco" Gatti criticou os rumores a respeito de Buffon, atualmente com 40 anos. Segundo o ex-goleiro, seria melhor apostar em um jogador mais jovem para a posição, para a qual o time conta com Guillermo Sara, Agustín Rossi, Javier Bustillos e Manuel Roffo.

"Se eu ficar de joelhos, estou melhor do que Buffon, não tenham dúvidas. Buffon está pior que eu. Não pode nem se abaixar de verdade", disse Gatti, aos 73 anos. "Será que não há um goleiro de 25 anos para contratar? Eu não entendo mais nada de futebol", completou.

Bicampeão da Copa Libertadores da América (1977 e 1978) pelo clube, Gatti ainda indicou suas preferências para a vaga de goleiro titular da Argentina para a Copa do Mundo de 2018. Nas convocações recentes, o técnico Jorge Sampaoli tem chamado Sergio Romero (Manchester United), Nahuel Guzmán (Tigres UANL) e Willy Caballero (Chelsea).

"Dos três, fico com Guzmán, que jogava de líbero quando foi campeão com o Newell's (em 2013). Ele entende que o goleiro é mais do que um jogador que usa as mãos, que é o que entendem os outros dois", disse, sem indicar se daria uma chance a Franco Armani (River Plate).

"Não vi Armani, mas me disseram que ele está jogando bem. Não posso dar uma opinião a respeito porque, se encontrá-lo na rua, não sei quem é", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos