Diogo Vitor é suspenso por doping por substância encontrada na cocaína

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/SantosFC

O Santos comunicou nesta quinta-feira (26) que o atacante Diogo Vitor foi suspenso preventivamente por doping, após ser flagrado em teste realizado durante o Campeonato Paulista. O time da Vila não revelou qual foi a substância dopante, e aguardará a contraprova. O UOL Esporte apurou que a substância encontrada no organismo do jogador é presente na cocaína. O fato chateou a diretoria santista que, inicialmente, afastou o jogador do elenco.

Os dirigentes santistas agora aguardam o resultado da contraprova para tomar uma decisão definitiva em relação a Diogo Vitor. A reportagem ainda apurou que o jogador já vinha apresentado má conduta durante esta temporada e chegou a ser barrado de alguns treinamentos pela comissão técnica e diretoria.

"O Santos comunica que o atleta Diogo Vitor, de 21 anos, foi pego em exame de controle de dopagem. O teste, realizado no LADETEC/RJ, foi solicitado por procedimento padrão pela FPF, no dia 21/03, na partida Santos x Botafogo/SP pelo Campeonato Paulista. O atleta já está preventivamente suspenso de suas atividades como jogador profissional do Clube e aguardará o resultado da contraprova. O Santos FC, desde já, coloca-se à disposição de Diogo Vitor neste delicado momento de sua vida", informou a nota do Santos.

Histórico problemático

O resultado do teste é mais um capítulo negativo na curta carreira de Diogo Vitor no futebol. Considerado uma das apostas das categorias de base do clube, o atacante sumiu do clube em 2016 e não participou da Copa São Paulo daquele ano. Após longo período sem dar retorno, Diogo alegou dor de dente e ainda rejeitou o tratamento do clube.

Depois, sumiu novamente, desta vez alegando que a avó havia falecido. A cúpula santista ficou sensibilizada com o fato e ligou na casa do jogador, mas se surpreendeu mais uma vez, já que a própria avó atendeu a ligação.

A família admitiu que Diogo Vitor ficou deslumbrado com o dinheiro que recebeu após assinar o seu primeiro contrato com o Santos. O atacante ganhou luvas de seus empresários e gastou o montante comprando um Camaro. Ficou famoso nas noitadas de Santos, arrumou confusões e teve até que voltar a sua cidade-natal, em Coqueiral-MG.

A aposta na qualidade técnica do jogador fez o Santos dar novas oportunidades ao jogador, apesar dos problemas extracampo. Passou pelo time B e parecia que finalmente se firmaria no profissional na atual temporada, na qual teve chances na equipe comandada por Jair Ventura e chegou a fazer o gol do empate em confronto contra o Corinthians no Paulistão 2018.

Na semifinal contra o Palmeiras, porém, viveu momento complicado ao perder pênalti que culminou na eliminação da equipe da Baixada. Na ocasião, pediu desculpas aos torcedores e disse viver o pior momento da carreira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos