Iniesta diz que não há ressentimentos com a organização da Bola de Ouro

Do UOL, em São Paulo

  • ALBERT GEA/REUTERS

    Iniesta anunciou sua saída do Barcelona nesta sexta-feira

    Iniesta anunciou sua saída do Barcelona nesta sexta-feira

Iniesta comunicou sua saída do Barcelona nesta sexta-feira (27) e um dos temas comentados por ele foi o recente pedido de desculpas da revista "France Football", responsável pelas edições do Bola de Ouro. O meia declarou que não tem ressentimentos por não ter conquistado o prêmio.

"Não tenho nada a comentar. Não há ressentimento por não ter conquistado a Bola de Ouro. Estar presente já foi algo de mágico, com Xavi e Messi. Minha felicidade não muda com ou sem uma Bola de Ouro. Vou levar o respeito e carinho de todo o mundo", declarou Iniesta em sua coletiva de imprensa de despedida do Barcelona.

A revista "France Football" pediu desculpas a Andrés Iniesta por jamais ter concedido o prêmio ao jogador. Intitulado "Perdão, Iniesta", o editorial da publicação francesa chama o meia espanhol de o "maior facilitador de todos os tempos", acrescentando que Lionel Messi não teria o mesmo rendimento no Barça sem Iniesta.

Para a France Football, Iniesta não ganhou o prêmio de melhor do mundo porque seu futebol pensava mais no coletivo do que no individual. A revista se desculpou por não ter visto essa qualidade em Iniesta.

"O sr. Iniesta demonstrou que é o cérebro e, sem dúvida, o músculo essencial dos campeões fora de série. Seu talento é inventar. Um altruísmo que certamente o privou de um reconhecimento ainda mais majestoso, como foi no Bola de Ouro, que deixou escapar em 2010 (segundo lugar) e 2012 (terceiro).

Entre as grandes ausências dos Bola de Ouro, a dele é a mais dolorosa. A menos que uma grande atuação na Rússia permita reparar essa anomalia democrática", diz trecho do editorial.

O Bola de Ouro criou a premiação em 1956. Na época, o troféu era concedido ao melhor jogador europeu. A Fifa instituiu sua própria premiação na década de 90, mas a Bola de Ouro seguiu prestigiada mesmo com "concorrente" Fifa.

Em 2010, a Fifa e a Bola de Ouro unificaram o prêmio. Mas em 2017, a Fifa voltou a ter uma premiação só dela, criando o "The Best". Mesmo voltando a atuar independente, o Bola de Ouro da France Football segue prestigiado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos