Grêmio tem sequência caseira para avançar em objetivo até a Copa

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Richard Ducker/Framephoto/Estadão Conteúdo

    Grêmio terá quatro jogos em sequência na Arena pela Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil

    Grêmio terá quatro jogos em sequência na Arena pela Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil

O Grêmio, que ficou quase uma semana longe de Porto Alegre, agora viverá o outro lado da moeda. Os próximos quatro jogos do Tricolor serão em casa e por três competições diferentes. Todas as partidas poderão ajudar o clube a ficar bem perto da meta traçada para o período que antecede o recesso geral em virtude da Copa do Mundo na Rússia.

Até 13 de junho, o plano do Grêmio é estar no topo da tabela do Brasileirão. Além de garantir lugar nas oitavas de final da Libertadores e avanço na Copa do Brasil.

De todas essas metas, a que envolve o Campeonato Brasileiro é a mais difícil. Só que o time de Renato Gaúcho, até aqui, jogou apenas uma vez como mandante e agora vai encarar Santos e Internacional ao lado do torcedor gremista.

De acordo com a visão de Renato, para brigar pelo título de um campeonato com 38 rodadas o passo fundamental é ficar sempre próximo da liderança. Foi essa a filosofia usada no ano passado até o Grêmio priorizar a Libertadores de vez. E é essa ideia que vai guiar o clube em 2018 - pelo menos por enquanto.

A sequência caseira, no entanto, começa diante do Cerro Porteño. O jogo de terça-feira vale a liderança do grupo 1 da Libertadores. E pela derrota do Defensor-URU em jogo com o Monagas-VEN, em Maturín, pode encaminhar classificação às oitavas de final.

"A gente sabe da força do nosso torcedor. Sabe que é diferente jogar em casa… Mas nosso time joga o mesmo futebol dentro e fora de casa. Temos que fazer o que estamos fazendo. Corrigir alguns erros para fazermos uma grande partida", comentou Luan.

Depois do jogo contra os paraguaios, o Grêmio cinco dias de preparação até a quarta rodada do Brasileirão onde recebe o Santos. Na quarta-feira seguinte, o Tricolor encara o Goiás em jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Como venceu em Goiânia por 2 a 0, a tendência é que Renato Portaluppi preserve titulares. Também de olho no jogo final da série.

A agenda local indica Gre-Nal em 12 de maio. Três dias depois do jogo com o Goiás. O clássico, no sábado, também precede uma das viagens que mais tem deixado em alerta os funcionários do clube gaúcho: Venezuela. Pela logística e precariedade de infraestrutura.

Depois da sequência em casa, o Grêmio ainda terá mais oito partidas pela frente. Duas pela Libertadores e seis valendo pontos no Campeonato Brasileiro. Mas ganhar todas na Arena ajudará o plano original de Renato. Chegar ao recesso mais do que vivo. Chegar bem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos