Base rendeu mais de R$ 200 mi ao Vasco, mas clube pouco investiu

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Vasco receberá um "caminhão" de dinheiro com a venda de Paulinho para o Bayer Leverkusen (ALE). Os cerca de R$ 55 milhões, porém, mal ficarão nos cofres cruzmaltinos. Atolado em dívidas, o clube utilizará a verba para poder "respirar" um pouco, prática essa que tem se repetido nos últimos dez anos.

De 2008 para cá, o Vasco ganhou mais de R$ 200 milhões em negociações, mas boa parte deste lucro foi usado para pagar salários, dívidas trabalhistas ou fiscais. Investimento foi muito pouco.

Em termos estruturais, o clube construiu um campo anexo em São Januário, o centro de saúde (Caprres), uma megaloja e melhorou acomodações, restaurante para os atletas e detalhes de acesso e atendimento ao público. A maioria por intermédio de parcerias.

Na questão de contratações, nenhuma que demandou grande aporte financeiro. Os nomes mais renomados chegaram sem contrato ou através de empréstimos.

"Ao nosso gosto, manteríamos o Paulinho por mais um, dois anos, o tempo que fosse possível. Entendemos que é um jogador que num futuro próximo deverá crescer muito. Ocorre que hoje o Vasco atravessa um momento financeiro delicado", explicou o atual presidente, Alexandre Campello.

O Vasco priorizará com a verba de Paulinho as situações emergenciais, como os salários que estão atrasados de dezembro, 13º e férias, além de direitos de imagem de alguns jogadores remanescentes do plantel do ano passado.

Outro ponto será a quitação das dívidas fiscais para que o clube obtenha novamente as certidões negativas de débito e assim consiga novamente negociar patrocínios estatais. Calcula-se que o Vasco precise pagar cerca de R$ 27 milhões ao Governo.

Veja abaixo as principais vendas do Vasco de 2008 para cá:

Paulinho – R$ 85 milhões
Douglas – R$ 49 milhões
Alex Teixeira – R$ 12,3 milhões
Romulo – R$ 10,3 milhões
Philippe Coutinho – R$ 10 milhões
Luan – R$ 10 milhões
Mateus Vital – R$ 5 milhões
Danilo – R$ 8 milhões
Souza – R$ 7,7 milhões
Alan Kardec – R$ 6 milhões
Morais – R$ 4 milhões
Marlone – R$ 3,2 milhões
John Cley – R$ 1,5 milhão
Allan – R$ 1 milhão
Matheus Índio – R$ 1 milhão
Guilherme – R$ 900 mil
Thiago Mosquito – R$ 750 mil
Pablo – R$ 520 mil

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos