Fla tem semana para confirmar paz e aumentar respaldo a Barbieri

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Mauricio Barbieri segue no comando do Flamengo

    Mauricio Barbieri segue no comando do Flamengo

Após dias de cobranças e pressão, o Flamengo voltou a Rio de Janeiro e experimentou um pouco da sonhada paz por todos na Gávea. Depois de bater o Ceará por 3 a 0, o Rubro-negro tem semana decisiva para consolidar o ambiente leve e dar tempo para que mudanças mais radicais ocorram no clube.

Na quarta-feira, o Flamengo visita a Ponte Preta, 19h30, em compromisso válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, um dos grandes objetivos do ano. Se encaminhar a vaga, o time ganha combustível extra para encarar o Inter no Maracanã e manter a liderança do Brasileiro. Com três resultados positivos, a diretoria ganha ainda mais tempo para estudar a questão do comanda técnico e Maurício Barbieri terá a tranquilidade necessária para conduzir o barco.

Apesar do hipotético cenário ser favorável à permanência do técnico, parte da torcida ainda pressiona pelo nome de Cuca, que só poderia se vincular ao clube após a disputa da Copa da Rússia. No mundo ideal projetado pela direção, Barbieri entregaria ao ex-palmeirense um time classificado na Copa do Brasil, na Libertadores e nas primeiras posições da principal competição continental.

Em avaliação interna, a direção avaliou positivamente Barbieri após o último jogo. O jovem treinador inverteu os posicionamentos de Lucas Paquetá e Diego, mais avançado, gerando melhora considerável na equipe.

O alívio entre os jogadores do Fla era evidente no desembarque no Galeão. Sem ofensas, ameaças e agressões, o grupo projetou os passos seguintes e demonstrou ter recobrado um pouco da confiança abalada após o episódio da última sexta-feira.

"Entendo as cobranças da torcida, mas tem um limite. O que aconteceu foi além. Não estamos em crise. Estamos vivos na Libertadores e na liderança do Campeonato Brasileiro. Temos a estreia na Copa do Brasil, mais um objetivo nosso no ano", disse o volante Cuéllar.

A delegação voltou nesta segunda ao Rio e mal terá tempo para desfazer as malas. Nesta terça, os rubro-negros embarcam para Campinas, local da partida diante da Ponte Preta. Com todos à disposição, a tendência é que Barbieri repita a equipe que venceu em Fortaleza.

Trégua na Gávea

Além do sossego momentâneo no ambiente do futebol, a semana também será de trégua na Gávea. Após debates acalorados e questionamentos na última reunião, na quinta-feira (26), o Conselho Deliberativo só se reunirá para avaliar as contas de 2017 no próximo dia 8.

O assunto tem gerado desgaste e críticas ao presidente Eduardo Bandeira de Mello na gestão do futebol, especialmente pelos valores destinados ao elenco como forma de premiação no último ano. A oposição contesta e aponta tais pagamentos como acima do padrão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos