Juiz rejeita recurso, e extradição de Nicolás Leoz é confirmada, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Jorge Saenz/AP

    Nicolás Leoz é ex-presidente da Conmebol

    Nicolás Leoz é ex-presidente da Conmebol

De acordo com reportagem do jornal paraguaio "ABC Color", o Tribunal de Apelações local não aceitou o recurso de Nicolás Leoz contra sua extradição. Com isso, o ex-presidente da Conmebol deve ser enviado pelas autoridades do país para os Estados Unidos para ser julgado.

A extradição de Leoz havia sido definida em novembro do ano passado pelo juiz Humberto Otazú. O ex-presidente da Fifa tentou recorrer, mas não obteve sucesso.

Se quiser impedir a extradição, a defesa de Leoz tem apenas mais uma opção: recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça do país.

A extradição de Leoz foi pedida pela justiça dos Estados Unidos, que tem o paraguaio entre os investigados após operação contra a corrupção na Fifa. O ex-presidente da Conmebol é acusado, entre outros crimes, de lavagem de dinheiro, fraude eletrônica e associação ao crime organizado.

A procuradoria do Paraguai havia aceitado o pedido de extradição e se posicionou contra o recurso apresentado por Leoz.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos