Thiago Motta revela ter levado bronca de pai de Messi após entrada dura

Do UOL, em São Paulo

  • AFP/ALBERTO PIZZOLI

Ex-companheiro de Lionel Messi no Barcelona, o meio-campista Thiago Motta revelou que no seu começo de carreira recebeu chamado do pai do argentino, Jorge Messi. Motta admite que exagerou na força para marcar o craque durante treino do clube catalão.

"Em um treinamento eu entrei muito duro no Leo [Messi], e o pai dele veio me dar bronca. Ele disse que eu tinha entrado muito forte. A realidade é que era a única forma de parar o Messi", comentou Motta à revista "Gazza Mondo".

Motta e Messi atuaram juntos no Barça de 2004 a 2007. Com a camisa da Inter de Milão e PSG, Motta enfrentou Messi em diversas ocasiões.

Aos 35 anos, Thiago Motta anunciou que deixará o futebol ao fim da temporada. Nascido no Brasil e naturalizado italiano, o jogador do PSG afirma não estar mais no mesmo estágio físico dos demais atletas do elenco francês.

"Nesse nível eu não poderia seguir. Eu olho para os meus companheiros de equipe, principalmente os mais jovens, e sinto a diferença".

Sobre seu futuro, Motta não esconde que planeja um dia se tornar treinador do Paris Saint-Germain.

"Vou avançar etapa por etapa, mas não vou esconder. Tenho essa ideia na minha cabeça, embora ache que ainda esteja longe", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos