Agência acusa Corinthians de quebra de contrato em ação de R$ 6 milhões

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Roberto de Andrade fechou o contrato polêmico que foi rescindido por Andrés

    Roberto de Andrade fechou o contrato polêmico que foi rescindido por Andrés

A agência de licenciamentos Powerful acusa o Corinthians de quebrar um contrato de exclusividade e move uma ação para obrigar o clube a manter intermediações que renderiam à empresa cerca de R$ 6 milhões. O acordo com o clube foi firmado em 2015, na gestão de Roberto de Andrade; depois de assumir, Andrés Sanchez decidiu encerrar a parceria e tratar diretamente dos licenciamentos. E-mails obtidos pela De Primeira mostram que o clube estava insatisfeito com o fato de a empresa receber comissão por renovar contratos que não foram conseguidos por ela e, por isso, começou a negociar diretamente com alguns licenciados.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos