Real Madrid quer volta de Lucas Silva à Europa e adia negócio com Cruzeiro

Marcus Alves e Thiago Fernandes

Do UOL, em Lisboa e em Belo Horizonte

  • Washington Alves / Cruzeiro

    Lucas Silva passa a ter futuro indefinido sobre manutenção no Cruzeiro

    Lucas Silva passa a ter futuro indefinido sobre manutenção no Cruzeiro

Real Madrid e Cruzeiro deixaram alinhavado um novo contrato de empréstimo para Lucas Silva. Os espanhóis, no entanto, estudam ofertas de clubes europeus pelo jogador de 25 anos antes de sacramentar o negócio.

A intenção dos gringos que detêm os direitos do volante é que ele volte ao Velho Continente para jogar a próxima temporada, a qual se inicia ao fim da Copa do Mundo da Rússia, por uma equipe de menor expressão. O departamento de futebol do time de Madri acredita que o brasileiro pode evoluir com uma passagem pelo futebol local.

Com o desejo do Real Madrid exposto, ficou decidido que haverá uma nova reunião para definir o futuro de Lucas Silva no início de junho. Caso não haja acordo com uma equipe europeia, ele permanecerá na Toca da Raposa II até dezembro de 2018.

O contrato de empréstimo que visa a manutenção de Lucas Silva em Belo Horizonte já foi desenhado pelas duas cúpulas. Ele teria os seus vencimentos divididos de forma idêntica por Cruzeiro e Real Madrid e ficaria no clube que o revelou até o fim deste ano. O próprio atleta tenciona seguir no Brasil, mas entende que um retorno à Europa seria benéfico para a sua evolução como profissional.

Wagner Pires de Sá, presidente, e Sergio Nonato, diretor-geral, estão na Europa para falar sobre as situações de atletas do elenco. Entre os temas, está o futuro do meio-campista. A dupla se reuniu com um membro da diretoria do Real Madrid para conversar com o assunto.

Na Toca da Raposa II desde fevereiro de 2017, Lucas Silva está emprestado ao Cruzeiro até 30 de junho deste ano. O seu contrato com o Real Madrid se encerra em junho de 2020.

A compra, a princípio, cogitada pela diretoria do Cruzeiro foi completamente descartada. Os espanhóis querem receber no mínimo o que gastaram com o atleta para vendê-lo. Em janeiro de 2015, o Real Madrid pagou 15 milhões de euros (R$ 45 mi à época) para levá-lo ao Santiago Bernabéu. Na Península Ibérica, contudo, Lucas Silva jamais convenceu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos