Ex-diretor de Siemsen ganha espaço com demissão de CEO do Fluminense

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Fluminense ainda estuda se irá preencher a vaga aberta após a demissão de Marcus Vinícius Freire, ex-CEO do Tricolor. Enquanto pensa no que fazer, o presidente Pedro Abad delegará aos executivos das outras áreas a responsabilidade de acompanhar os projetos, que estarão sob sua supervisão e a de Fernando Simone, ex-diretor de futebol do Flu durante parte do mandato de Siemsen. Recontratado pelo clube esse ano, Simone é assessor direto da presidência e terá participação ainda mais forte a partir de agora.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos