Palmeiras encaminha venda para a Ucrânia e já tira Tchê Tchê de treinos

Danilo Lavieri

Do UOL, em Teresópolis

  • Daniel Vorley/AGIF

    Tchê Tchê encara a marcação no jogo entre Palmeiras e Cruzeiro

    Tchê Tchê encara a marcação no jogo entre Palmeiras e Cruzeiro

O Palmeiras encaminhou a venda de Tchê Tchê ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Há um acordo verbal para que o negócio seja feito por 4,8 milhões de euros (mais de R$ 20 milhões na cotação atual). 

O meio-campista foi até afastado dos trabalhos e nem treina mais com a equipe até o desfecho da negociação. É importante destacar que, embora já exista um acerto entre os clubes, ainda não há um contrato assinado.

O Palmeiras tem 100% dos direitos econômicos do atleta e o contratou em 2016 sem precisar pagar nada ao Audax. Na ocasião, ele assinou com o Alviverde após ter tido seu contrato encerrado.

Ainda na manhã desta terça-feira (22), o clube brasileiro rejeitou uma primeira sondagem dos ucranianos de 3 milhões de euros e disse que aceitaria a venda se o negócio fosse fechado por 5 milhões de euros. 

Tchê Tchê já disputou 112 jogos com a camisa verde e branca e foi um dos destaques da conquista do título do Brasileirão de 2016. Em janeiro do ano seguinte, ele teve seu contrato renovado até dezembro de 2019 e recebeu um aumento salarial.

Já em 2017, encontrou mais dificuldades para manter a sua titularidade e, em 2018, quase não teve chances para estar entre os 11 escalados por Roger Machado. 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos