Mattos confirma Arthur Cabral no Palmeiras, mas ainda não sabe quando chega

Do UOL, em São Paulo

  • Fabio Menotti/Divulgação/Ag. Palmeiras

    'Por enquanto, ele vai ficar em processo de amadurecimento no Ceará', diz dirigente

    'Por enquanto, ele vai ficar em processo de amadurecimento no Ceará', diz dirigente

O atacante Arthur Cabral, atualmente no Ceará, será atleta do Palmeiras. A informação foi divulgada nesta quarta-feira por Alexandre Mattos, diretor de futebol da equipe alviverde, na chegada ao Allianz Parque para o jogo contra o América-MG pela Copa do Brasil 2018.

À imprensa no estádio, o dirigente afirmou que o Palmeiras já adquiriu os direitos do jogador. No entanto, ainda não há uma data para que ele se apresentar à equipe como reforço.

"O Palmeiras fez a aquisição do Arthur Cabral, mas ainda não definimos para quando. Por enquanto, ele vai ficar em processo de amadurecimento no Ceará", disse Mattos. "É um jogador para o futuro. Clubes como o Palmeiras têm de pensar no futuro", completou.

O jogador vinha sendo observado pelo Palmeiras desde 2017. Segundo Alexandre Praetzel, blogueiro do UOL Esporte, a ideia do clube é contar com o atacante a partir de janeiro de 2019, por quatro temporadas.

Saída de Tchê Tchê depende do jogador

A negociação do meio-campista Tchê Tchê com o Dínamo de Kiev (Ucrânia) ainda depende de detalhes, mas o próprio Palmeiras admite que o está bem encaminhada. Segundo Alexandre Mattos, falta agora que o jogador se resolva com o clube ucraniano.

"O Palmeiras recebeu uma proposta há uns dias, uma sondagem. Ficamos aguardando, depois virou uma situação oficial no dia de ontem. Temos uma relação boa com o Dínamo, compramos o próprio Dudu (em 2015), já conheço bastante o pessoal, o diretor. Conversamos por telefone, e entre os clubes a gente conseguiu se acertar. Ainda não tem o acerto do Tchê Tchê com o Dínamo. Então, obviamente, depois desse acerto, tem contrato, tem exame médico, uma série de fatores", disse Mattos.

"Como vazou a notícia, e também por prudência, até para não correr o risco de uma lesão, algo assim, a gente pediu para o Tchê Tchê ficar fazendo trabalhos internos na academia. Acredito que eles vão se entender, mas a última informação que eu tive hoje de manhã é que eles ainda estavam conversando para se entender. Caso não aconteça, o Tchê Tchê fica conosco, e todos vocês sabem da importância dele", completou.

Diante da possível saída de Tchê Tchê, Mattos garante que o Palmeiras não deverá buscar um reforço para a posição. A ideia, segundo o dirigente, é aproveitar o volante Jean, que se recupera de uma cirurgia no joelho direito.

"A gente tem a volta do Jean, um jogador muito importante, em quem a gente confia, um jogador extremamente vencedor. Ele já está participando dos treinos com bola, respondendo bem ao difícil tratamento pelo qual ele passou. A gente tem convicção de que ele vai nos ajudar bastante, tem contrato conosco até o ano que vem", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos