Veto a Dudu chegou na tarde de quarta e dividiu opiniões no Palmeiras

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras só teve a certeza de que não poderia utilizar Dudu no jogo contra o América-MG, que terminou em empate por 1 a 1 na última quarta-feira e garantiu classificação às quartas de final da Copa do Brasil, no fim da tarde, poucas horas antes de a bola rolar no Allianz Parque. A comunicação da CBF chegou por volta das 18h ao clube, fato que dividiu as reações dentro do alviverde.

Por estar pré-convocado por Tite para a Copa do Mundo, na lista de 12 suplentes que não foi divulgada inicialmente pelo treinador, Dudu está proibido de atuar pelo clube desde segunda-feira, segundo regulamentação da Fifa. A CBF perdeu o prazo dado pela entidade que comanda o futebol mundial para colocar suas competições como uma exceção a essa regra, o que pode bloquear o palmeirense e outros jogadores que atuam no futebol brasileiro também para os próximos jogos.

O Palmeiras já havia tomado conhecimento da possibilidade de Dudu não jogar contra o América e esperou até o último instante uma liberação oficial da parte da CBF, dando segurança jurídica para que o atacante pudesse entrar em campo. Como ela não veio, o diretor Alexandre Mattos anunciou a ausência de Dudu da partida às 20h30, a pouco mais de uma hora do jogo.

Mattos evitou críticas à CBF ao fazer o anúncio e preferiu exaltar a conquista de Dudu por estar na seleção e a trajetória vitoriosa do atacante no Palmeiras. O técnico Roger Machado seguiu a mesma linha após a partida e disse apenas que foi informado sobre a situação "em tempo hábil" para planejar uma alternativa de time, mas sem especificar quando exatamente. Em outra resposta, admitiu que foi "pego de surpresa" pelo ocorrido. Ele escolheu Deyverson como titular, mas o substituiu no intervalo por Guerra.

Nem todos no Palmeiras, porém, se manifestaram de forma amena. O volante Felipe Melo foi enfático na zona mista ao dizer que a situação era uma "vergonha" e cobrou responsabilidade da CBF por desfalcar o time alviverde em um jogo importante. Outras pessoas do clube ouvidas pelo UOL Esporte classificaram o caso como "absurdo".

Agora, o Palmeiras volta a entrar em compasso de espera e aguarda um sinal verde da CBF para escalar Dudu na partida contra o Sport, sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Caso a entidade não consiga a liberação da Fifa, outros jogadores pré-convocados também estarão impedidos de atuar na rodada do final de semana. O zagueiro Dedé, do Cruzeiro, é por enquanto o único outro atleta que atua no país cujo nome foi confirmado oficialmente na pré-lista de Tite.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos