Bryan Ruiz quer seguir na Europa, mas não descarta 'nenhum campeonato'

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / RONALDO SCHEMIDT

    'Minha ideia é continuar na Europa, em uma opção que me motive', disse meia

    'Minha ideia é continuar na Europa, em uma opção que me motive', disse meia

O meia costarriquenho Bryan Ruiz, atualmente no Sporting (POR), quer seguir atuando na Europa após a Copa do Mundo de 2018. No entanto, não descarta a possibilidade de jogar em outros mercados fora do continente.

Segundo apurou o UOL Esporte, o jogador de 32 anos foi indicado à diretoria do Santos – o empresário do atleta procurou diretamente o presidente do clube, José Carlos Peres, para tentar uma negociação. Consultado, o técnico Jair Ventura aprovou o possível reforço.

Em fim de contrato, o jogador ainda não sabe onde atuará no segundo semestre. A preferência é continuar na Europa, mas ele mesmo já admite outros destinos.

"Minha ideia é continuar na Europa, em uma opção que me motive. Se não acontecer nesse sentido, não fecho as portas a nenhum campeonato", disse o jogador à imprensa de seu país, segundo registra o jornal português O Jogo.

Ruiz ainda foi questionado a respeito da participação na Copa do Mundo de 2018. Para o meia, o grupo do país na primeira fase do Mundial, com Brasil, Sérvia e Suíça, é mais difícil do que o do torneio em 2014, quando os costarriquenhos enfrentaram Uruguai, Inglaterra e Itália e avançaram até as quartas de final.

"Quem conhece futebol sabe que o grupo em que caímos nesta Copa do Mundo é muito mais complicado, em muitos aspectos, do que o anterior. No Mundial do Brasil, não tínhamos nada a perder; agora, todo mundo espera muito de nós. E nós também, claro", analisou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos