Diretor do Barça vê Rodrygo "apagado" na Vila e faz proposta antes do jogo

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Nelson Antoine/AP Photo

    Rodrygo não brilhou em empate do Santos contra o Real Garcilaso nesta quinta-feira

    Rodrygo não brilhou em empate do Santos contra o Real Garcilaso nesta quinta-feira

O Barcelona enviou um representante ao Brasil para tentar a contratação do atacante Rodrygo, 17 anos, considerado o "quarto raio" santista, termo que os torcedores utilizam para explicar que o atleta seguirá o caminho das grandes revelações do clube: Pelé, Robinho e Neymar. O UOL Esporte apurou que um dirigente do clube catalão acompanhou o desempenho da joia santista na Vila Belmiro, no empate sem gols entre Santos e Real Garcilaso, nesta quinta-feira.

O cartola do Barça não deve ter gostado do que viu, já que Rodrygo teve atuação extremamente apagada. Após o empate com o modesto time peruano em casa, parte da cúpula santista também ficou desapontada com o desempenho de sua joia.

Antes de Rodrygo entrar em campo, no entanto, o representante do Barcelona se reuniu com o presidente do Santos, José Carlos Peres, e fez uma proposta oficial por Rodrygo.

Os valores são mantidos em sigilo nos bastidores da Vila Belmiro, mas o montante não chega próximo à multa rescisória, estipulada em 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 213 milhões), e já foi recusada pelo mandatário santista.

O caso de Rodrygo e o adiantamento de verbas da televisão, aliás, virou de tema de reunião que ocorreu na sala da presidência, no segundo andar da Vila Belmiro, durante o primeiro tempo do jogo entre Santos e Real Garcilaso.

Nesta semana, Peres já havia mandado um recado ao Barcelona. O mandatário disse que não abre negociações com o clube catalão enquanto eles não pagarem dívidas relacionadas à contratação de Neymar, em 2013.

Há uma briga na Justiça envolvendo Santos, Barcelona e a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, que detinha porcentagens dos direitos econômicos de Neymar na época da transação que levou o craque brasileiro ao clube espanhol.

"Não há reunião marcada (Barcelona e Santos). Nós temos um processo contra o Barcelona sobre o Neymar. Quatro meses antes do Mundial de 2011, o Barcelona adiantou um dinheiro sobre a transação, entendemos que houve um aliciamento. Ele disputou um Mundial de Clubes praticamente vendido ao Barcelona. O Barcelona tem que nos pagar 4,5 milhões de euros. O Santos achou que foi enganado, não recebeu 10 milhões de euros também, além dos quatro e meio citado. Quando o Barça pagar, vamos discutir sobre outras coisas", afirmou José Carlos Peres.

"O Rodrygo é a estrela hoje. É um jogador talentoso, todos sabem disso. Nós temos um referencial do Vinicius Junior, que já foi vendido com 17 anos. Nós não podemos fazer transações, mas existe interesse, temos cinco ou seis times grandes que já desejam fazer negócios com o Santos. A questão do Barcelona: é um dos interessados, mas não abrimos negociação, porque é uma irresponsabilidade, a FIFA não permite", completou

Rodrygo é assediado por clubes europeus antes mesmo de chegar ao profissional. O camisa 9 do Santos na Libertadores esteve na mira do Liverpool quando atuava no sub 15 do clube paulista. O interesse inglês fez o alvinegro praiano oferecer um plano de carreira ao jogador e encaminhar o primeiro contrato profissional de sua revelação.

Cria do futsal do clube, Rodrygo também foi o atleta mais jovem do Santos a assinar contrato com a Nike, empresa de material esportivo. Ele fechou quando ainda tinha 11 anos, enquanto Neymar acertou com 13 anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos