Nova regra que prevê rescisão por dois meses de atraso valerá em junho

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

Modificações no Regulamento de Status e Transferência de Jogadores da Fifa entrarão em vigor no próximo dia 1º de junho. A partir desta data, atletas poderão pedir a entidade a rescisão de seus contratos após dois meses de salários atrasados – para isso, devem notificar o clube por escrito e conceder prazo de até 15 dias para pagamentos. A medida pode afetar o futebol brasileiro, já que o prazo é inferior ao de três meses de atrasos utilizados como praxe na Justiça do Trabalho e previstos na Lei Pelé – há divergência entre especialistas em direito esportivo se as regras novas da Fifa prevalecem sobre a legislação brasileira ou não.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos