Criticado, presidente do Santos decide antecipar retorno da Europa

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/Santos FC

    José Carlos Peres embarcou para Londres para chefiar a delegação brasileira

    José Carlos Peres embarcou para Londres para chefiar a delegação brasileira

O presidente do Santos, José Carlos Peres, que chefia a delegação da seleção brasileira, em Londres, na Inglaterra, decidiu antecipar o seu retorno ao Brasil. Inicialmente, o dirigente voltaria no dia 10 de junho, mas agora só deve ficar no velho continente até o próximo dia 3.

O compromisso oficial dele com a seleção de Tite, Neymar e companhia foi fechado até o dia 3 de junho, mas o dirigente santista seguiria para a Alemanha para tentar a contratação de um jogador brasileiro que atua no país. Oficialmente, o Santos alega que Peres antecipou o retorno da Europa em apenas um dia, pois ele voltaria no dia 4.

O motivo de antecipar o retorno é que o mandatário recebeu muitas críticas nas redes sociais por ter viajado em um momento delicado de seu clube na temporada.

O Santos é o pior visitante do Campeonato Brasileiro e não marca um gol há quatros rodadas na competição. Por conta disso, o clube paulista está na 16ª colocação, a última antes da zona de rebaixamento. E, apesar de possuir um jogo a menos, só não está na "degola" por número de vitórias: duas contra uma de Atlético-PR e Chapecoense.

A fase ruim deixou o técnico Jair Ventura "balançando" no cargo. No entanto, o vice-presidente, Orlando Rollo, bancou a permanência do comandante após a derrota para o Cruzeiro no último domingo, no Pacaembu.

O protesto não ficou somente nas redes sociais. Ainda após o jogo contra os mineiros, os muros do Business Center Santos, que fica em São Paulo, foram pichados. Os dizeres criticavam a ausência de José Carlos Peres em momento conturbado do clube paulista.

"Acabou a paz", "O comando vem de cima. Cadê o Peres?" e "Time sem vontade" foram as frases pichadas.

Ídolo da torcida do Santos, o ex-lateral Léo foi um dos utilizou as redes sociais para fazer cobranças a Peres, que embarcou para Londres neste domingo (27) para chefiar a delegação brasileira no amistoso contra a Croácia, 3 de junho, em Liverpool.

"Um pedido ao Presidente Peres , por gentileza retorne ao Brasil assim que desembarcar em Londres, a Seleção Brasileira já está muito bem comandada pelo seu treinador (Tite). O Santos Futebol Clube sim precisa de um comandante e como o senhor foi eleito democraticamente, favor exercer seu posto. Aí na seleção 90% dos atletas não sabem quem o senhor é e o que foi fazer", disse o ex-santista, que ainda acrescentou a hashtag #vamostrabalhar.

Ao responder um torcedor, Léo ainda fez o seguinte questionamento: "O Santos está caindo pelas tabelas, o presidente viaja com a seleção para fazer o quê?".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos