Topo

Futebol


Marcos diz que se expressou mal sobre polêmica "Palmeiras não tem Mundial"

Bruno Freitas

Do UOL, em São Paulo

2018-05-28T04:00:00

28/05/2018 04h00

Poucas coisas engajam mais os palmeirenses nas redes sociais do que os debates sobre o título mundial de 1951. Mesmo com a chancela da Fifa, a validade da conquista da Copa Rio ainda inspira provocações entre os torcedores do time e seus rivais. Recentemente, o ídolo Marcos acabou envolvido na questão, ao manifestar que “o Palmeiras não tem Mundial”.

A declaração em questão foi proferida em uma entrevista ao canal Desimpedidos, no YouTube, em março passado. Dias depois, após reclamações de torcedores palmeirenses, o goleiro teve que recorrer a suas redes sociais para explicar como enxergava a questão.

"O Mundial era um jogo, velho. Errei bem ali, e o Palmeiras não tem Mundial por minha causa mesmo", afirmou Marcos ao canal, em menção à falha individual na partida contra o Manchester United na decisão do Interclubes de 1999, no Japão.

Em entrevista ao UOL na última semana, o ex-goleiro comentou o caso e fez uma espécie de mea culpa, afirmando que talvez não tenha se expressado da melhor maneira.

Reprodução
Capa de "A Gazeta Esportiva" que noticia o título mundial do Palmeiras em 1951 Imagem: Reprodução

"O pessoal ficou muito bravo comigo. Também, a forma que eu dei a entrevista, depois eu assisti lá, foi uma forma meio arrogante. Eu poderia ter falado a mesma coisa, mas de uma forma diferente. Ficou parecendo mesmo que eu não respeitava a história do Palmeiras", disse o ex-goleiro.

"Eu até aproveito a oportunidade para pedir desculpa. Sou um cara que respeita muito a história do Palmeiras. Eu sei que o título mundial de 51 era considerado o Mundial da época, que tinha a chancela da Fifa", acrescentou.

Para o ídolo campeão da Libertadores de 1999, somente uma conquista no modelo atual do Mundial acabará com as gozações dos adversários.

"O palmeirense ficou bravo comigo: 'pô, agora os corintianos ficam zoando a gente, que você falou que a gente não tem Mundial'. Se eu falasse que tem Mundial, os caras iriam parar de zoar? Os caras iriam zoar do mesmo jeito. Até peço desculpas. Respeito demais a história do Palmeiras, respeito demais a história dos jogadores que conseguiram esse Mundial de 51", declarou.

"A única coisa que eu quis dizer é que a gente espera um Mundial desse aí (no formato atual, com organização da Fifa). É esse aí que vai acabar com as piadinhas do WhatsApp que a gente recebe todo dia", concluiu.

Confira abaixo o vídeo da explicação de Marcos na época do episódio: 

Mais Futebol