Topo

Futebol


Greve dos caminhoneiros faz TJD adiar julgamento de diretor do Palmeiras

Rodrigo Corsi/FPF
Olim, presidente do TJD, com Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista Imagem: Rodrigo Corsi/FPF

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

2018-05-30T04:00:00

30/05/2018 04h00

Por deliberação do presidente Antônio Olim, o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) adiou para a próxima semana todos os julgamentos que estavam previstos para acontecer na sessão da última segunda-feira. O motivo foi a dificuldade de transporte no estado causada pela greve dos caminhoneiros. Todos os casos serão avaliados na próxima segunda, 4 de junho, incluindo o do diretor jurídico palmeirense Alexandre Zanotta, denunciado por declarações críticas ao TJD. O dia, aliás, promete ser intenso no tribunal, que também vai avaliar o recurso do Palmeiras contra a decisão de Olim de arquivar, sem julgamento do mérito, o pedido de impugnação sobre a final do Campeonato Paulista.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Mais Futebol