Quem são os brasileiros que mais temem Tuchel no PSG?

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

  • Benoit Tessier/Reuters

Os jogadores brasileiros do Paris Saint-Germain pouco conhecem o novo treinador, Thomas Tuchel. E no grupo formado por agora quatro jogadores – o volante Thiago Mota se aposentou ao fim da temporada -, dois deles estão apreensivos. Tratam-se de Daniel Alves e Thiago Silva, experientes e com o temor de ver jovens ganhando espaço no time.

O temor dos brasileiros veio através de informações colhidas sobre o trabalho de Tuchel. O treinador é avaliado por eles como "fã de jovens jogadores". Já sobre o comportamento, a avalição geral é de que o alemão se trata de um profissional "linha dura".

Daniel Alves e Thiago Silva pretendem seguir no PSG, mas aguardam conversa particular com Tuchel após a Copa do Mundo. Os brasileiros querem conversa franca para ouvir a intenção, ou não, de os manter como titulares do time.

O caso de Daniel Alves tornou-se ainda mais delicado por conta da grave lesão no joelho sofrida recentemente. Como deve ficar cerca de 6 meses sem atuar, a probabilidade é de que retorne apenas para o período de mata-mata da próxima Liga dos Campeões . O lateral tem contrato até julho de 2019 com o clube.

Thiago Silva também tem futuro incerto no Paris Saint-Germain. O zagueiro tem contrato até julho de 2020, mas espera pela renovação para seguir no clube. O caso é tratado pelos dirigentes como assunto para Tuchel, e a decisão depende da conversa entre eles.

Já Marquinhos e Neymar estão mais tranquilos na escolha de Tuchel para a próxima temporada. O entendimento é de que a titularidade está garantida e o futebol ofensivo será a principal preocupação do treinador.

Neymar foi avisado pelo PSG sobre a escolha de Tuchel ainda em março, dias depois de, no Brasil, iniciar tratamento da lesão no pé direito. A escolha do alemão surpreendeu o camisa 10, que gostava dos boatos em torno de Carlo Ancelotti e Luis Enrique.

Thomas Tuchel tem 44 anos de idade e dez de carreira no futebol profissional. Após um curto período no Augsburg II, ele foi o técnico do Mainz 05 por cinco temporadas e conseguiu levar a equipe por duas vezes para a Liga dos Campeões. Em abril de 2015 ele foi contratado pelo Borussia Dortmund, clube em que ficou por duas temporadas. Com o Borussia, foram 67 vitórias em 107 jogos, além da conquista da Copa da Alemanha 2016/2017.

Thomas Tuchel estava sem clube desde maio do ano passado, quando deixou o Borussia Dortmund. Nesse período, recebeu diversas ofertas, de grandes clubes da Europa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos