João Pedro recebe alta após deixar São Paulo x Botafogo de ambulância

Do UOL, no Rio de Janeiro*

  • Facebook oficial do Botafogo

    João Pedro ao lado do médico do Botafogo após receber alta de hospital

    João Pedro ao lado do médico do Botafogo após receber alta de hospital

O meia João Pedro, do Botafogo, recebeu alta na manhã desta quinta-feira no hospital São Luiz (SP). O jogador havia caído desacordado no gramado do Morumbi (SP) logo aos dois minutos do duelo com o São Paulo nesta quarta-feira após uma dividida com o zagueiro Anderson Martins.

O jovem deixou o estádio numa ambulância e foi encaminhado logo em seguida para passar por uma bateria de exames neurológicos. O clube havia informado que o atleta passou anteriormente pelo Albert Einstein, mas a assessoria do hospital negou.

De acordo com o coordenador médico do Botafogo, Christiano Cinelli, ele está apenas com um desconforto cervical.

"O João Pedro está bem neurologicamente, sem alterações na ressonância e tomografia, apenas com um discreto desconforto cervical. Está de alta, sugiro repouso total de 72 horas para depois iniciar o retorno", declarou ao site oficial alvinegro.

Ale Cabral/AGIF
João Pedro, do Botafogo, é retirado de ambulância do gramado do Morumbi

Na jogada, João Pedro caiu de mau jeito. Ele foi removido do estádio com um colar cervical.

Os jogadores foram os primeiros a avisar à arbitragem e comissões técnicas sobre a necessidade de um atendimento emergencial. Os médicos dos dois clubes trabalharam juntos no atendimento, que foi acompanhado de perto também pelo goleiro Sidão, que defendia o Botafogo até a temporada retrasada.

A partida foi reiniciada aos nove minutos e o São Paulo venceu por 3 a 2, assumindo momentaneamente a liderança do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro está em 13º.

Veja abaixo o comunicado do hospital São Luiz:

"O Hospital São Luiz, Unidade Morumbi, informa que o jogador do Botafogo, Joao Pedro, recebeu alta hoje. De acordo com as avaliações clínicas, exames neurológicos e teste de funções cognitivas, realizadas pelo neurocirurgião Jorge Pagura, o paciente passa bem. Por ter sofrido uma concussão cerebral, precisará seguir os protocolos específicos de retorno das atividades esportivas, após repouso de 72 horas. Durante o atendimento da noite de ontem, após ter sofrido trauma craniano e cervical com perda de consciência, o paciente realizou exames de tomografia computadorizada e ressonância magnética com difusão. Os resultados foram considerados normais com a necessidade de internação apenas para observação".

*Atualizada às 15h22

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos