Marcelo, Casemiro, CR7 e elenco reverenciam Zidane e lamentam sua saída

Do UOL, em São Paulo

  • AP

O elenco do Real Madrid reagiu com tristeza ao anúncio feito por Zinedine Zidane, nesta quinta-feira, de que deixará o clube. Cristiano Ronaldo e os brasileiros Marcelo e Casemiro destacaram a importância do técnico francês nas conquistas recentes do time espanhol e maneira como Zizou conduziu o Real nas últimas três temporadas.

"Não tenho palavras para agradecer por tudo o que ele fez nos vestiários, pelo Real Madrid e para os torcedores. Tive o orgulho e privilégio de ter tido Zidane como treinador e ídolo. Eterno Zizou", escreveu Casemiro, nas redes sociais.

Cristiano Ronaldo: "Me sinto orgulhoso por ter sido seu jogador. Mister, obrigado por tudo"

Marcelo também reverenciou o treinador:

"Mister Zizou. Eu aprendi muito ao teu lado! Eu desfrutei como uma criança a cada treinamento, a cada conselho. Você é muito especial para mim. Fizemos história com seu trabalho, sua dedicação, paixão e sobretudo, com sua humildade. Obrigado, Mister", escreveu Marcelo, acrescentando emoji de choro.

Sergio Ramos: "Mister, como jogador e agora como treinador, decide se despedir no mais alto degrau. Obrigado por dois anos e meio de futebol, trabalho, carinho e amizade. Você vai, mas seu legado não se apagará. Um dos capítulos mais vitoriosos da história do nosso querido Real Madrid.

Toni Kroos: "Obrigado, Zizou. Foi um prazer"

Isco: "Foi uma honra trabalhar contigo"

Carvajal: "Um profissional incrível. Aprendi muito como jogador e pessoalmente com suas ordens. Te desejo o melhor. Novamente eu digo: Obrigado, Zidane".

Lucas Vázquez: "Foi um grande prazer jogar às tuas ordens, mister. Lenda como jogador, e agora também como jogador. Foi uma honra aprender e ganhar ao teu lado. Te desejo o melhor. Obrigado"

Zidane: Real precisa mudar após conquistas

No comando do Real Madrid desde janeiro de 2016, Zinedine Zidane explicou por que saiu do Real:

"Eu tomei a decisão de não continuar como técnico do Real Madrid, é um momento raro, mas esse time precisa de uma mudança para continuar ganhando, precisa de outro discurso, outra metodologia de trabalho e é por isso que tomei essa decisão", disse.

Presente na entrevista, o presidente do Real Madrid também demonstrou surpresa com a decisão de Zidane, "Quero agradecer-lhe por sua dedicação, seu amor e tudo o que fez pelo Real Madrid nesses anos. Não é um adeus, este é um vê-lo em breve. Mas se ele precisa de uma pausa, ele também merece isso", disse.

"Depois de vencer uma Liga dos Campeões, é uma decisão inesperada, mas só podemos tomar a decisão e respeitá-la. Isso causou um grande impacto em mim quando ouvi a decisão. Eu gostaria de convencê-lo, mas sei como ele é", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos