Sport confirma salários atrasados, mas promete 'resolver muito rapidamente'

Do UOL, em Santos (SP)

  • Williams Aguiar/Sport Club Recife

    Arnaldo Barros, presidente do Sport

    Arnaldo Barros, presidente do Sport

Apesar da boa fase dentro de campo com quatro jogos de invencibilidade e a sexta colocação no Campeonato Brasileiro, o Sport tem problemas para resolver fora de campo. Nesta terça-feira (5), o vice-presidente de futebol do clube, Guilherme Beltrão, confirmou que os salários de abril estão atrasados. Daqui a cinco dias, vencem os pagamentos do mês de maio (dia 10).

 "Certas situações não podemos negar. Claro que atrapalha. Eu entendo o esforço do presidente do clube [Arnaldo Barros]. Nós estamos com o dinheiro bloqueado no caso do Diego Souza. Tem o recurso da Caixa Econômica que está sendo resolvido e eu não gosto nem de tocar nesse assunto, só quando estiver formatado. Temos outras frentes", disse o dirigente em entrevista à Rádio Jornal, citando os R$ 5 milhões bloqueados referentes à venda de Diego Souza, hoje no São Paulo.

Porém, de acordo com Guilherme Beltrão, o atraso não deve completar os dois meses. "Eu não acredito que vá chegar à segunda parcela. Estamos administrando aqui", acrescentou.

Ainda de acordo com o dirigente, os jogadores do Sport vêm encarando a situação de maneira respeitosa. "Os jogadores têm uma conversa respeitosa, eles entendem, mas eles também têm contas para pagar. Mas com o empenho do presidente, pode ter certeza que as coisas vão se resolver muito rapidamente", completou.

O Sport volta a campo nesta quarta-feira (6) para encarar o Atlético-PR na Ilha do Retiro, às 21h, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos