Venda de Douglas Costa para Juventus gera lucro de R$ 5,5 milhões ao Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Pedro Martins/Mowa Press

    Douglas Costa foi vendido para Juventus, time que defendia por empréstimo

    Douglas Costa foi vendido para Juventus, time que defendia por empréstimo

O Grêmio tem motivos para comemorar a venda de Douglas Costa à Juventus, anunciada nesta quinta-feira (07). O clube gaúcho, através do mecanismo de solidariedade da Fifa, tem direito a R$ 5,5 milhões.

O valor refere-se a 3% do montante absoluto do negócio, 40 milhões de euros (R$ 185,9 milhões). Douglas defendeu o Grêmio em todas categorias de base até ser vendido ao Shakhtar Donetsk, na temporada em que faria 20 anos. O cálculo do percentual avalia o tempo no clube até os 23 de idade. Sobra ao Grêmio 1,2 milhão de euros (R$ 5,5 milhões na cotação atual).

O Tricolor já recebeu uma vez em transação internacional envolvendo o atleta. Em 2015, o Bayern de Munique pagou R$ 121 milhões pelo jogador e o mesmo percentual foi repassado aos cofres gremistas. Perto de R$ 3,6 milhões.

O Grêmio ainda manteve 20% dos direitos econômicos de Douglas Costa quando o vendeu ao Shakhtar. Porém, em dezembro de 2011 optou por ceder este percentual para contratar o boliviano Marcelo Moreno.

O Shakhtar também receberá parte do valor de formação do meia-atacante que está convocado para seleção brasileira e disputará a Copa do Mundo da Rússia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos