Topo

Futebol


Mano Menezes alega gratidão ao Cruzeiro e recusa procura do Sporting

Daniel Vorley/AGIF
Mano Menezes recusou procura do Sporting e optou por permanência no Cruzeiro Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Dassler Marques, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Londres e Belo Horizonte

2018-06-08T04:00:00

08/06/2018 04h00

Mano Menezes recusou uma consulta para trocar o Cruzeiro pelo Sporting, de Portugal. Procurado por uma pessoa ligada ao clube da Europa, ele agradeceu o interesse e reforçou o desejo de seguir na capital mineira.

Autorizado pela diretoria do time lisboeta, um intermediário local tinha desejo de levar o atual vencedor da Copa do Brasil para a vaga de Jorge Jesus. O lusitano deixou o Estádio José Alvalade para defender o Al Hilal, da Arábia Saudita. Ele assinou contrato com os árabes na noite da última terça-feira (5).

Em Lisboa, ele teria um salário superior ao recebido na Toca da Raposa II. Hoje, o comandante gaúcho ostenta vencimentos de R$ 650 mil mensais e tem contrato com os mineiros até dezembro de 2019. A renovação com o técnico ocorreu em outubro do ano passado, logo após a eleição do presidente Wagner Pires de Sá.

Ao recusar a procura feita pelos portugueses, Mano alegou que tem gratidão ao Cruzeiro. Esta é a terceira passagem dele pelo clube de Belo Horizonte, sendo que a "estreia" foi em 1997, como estagiário de Paulo Autuori. Ele voltou à capital mineira em setembro de 2015, mas foi atraído por uma oferta vinda da China e foi defender as cores do Shandgon  Luneng. A volta à Toca da Raposa ocorreu em julho de 2016. Desde então, ele permanece à frente da equipe.

A procura do Sporting foi feita diretamente ao técnico. Mano Menezes, no entanto, descartou o acordo imediatamente. Ele nem sequer fez uma consulta aos responsáveis pela gestão do clube. Itair Machado, vice-presidente de futebol, só foi informado sobre a procura após a reposta negativa.

Há quase dois anos no comando da equipe, Mano conquistou, além da Copa do Brasil, um título mineiro. O troféu foi vencido diante do arquirrival Atlético-MG, em maio deste ano. O técnico soma 152 jogos à frente do Cruzeiro, com 79 vitórias, 43 igualdades e 30 derrotas. Ele ostenta 61,4% de aproveitamento. São 231 gols marcados e 125 sofridos se somadas as três passagens.

Há um ponto curioso nesta história. Logo que deixou a seleção brasileira, em 2012, Mano Menezes fazia planos de trabalhar em Portugal. Ele, no entanto, acabou acertando a mudança para o Flamengo. Ele ainda passou pelo Corinthians antes de ir à Península Ibérica para fazer um curso da UEFA.

Mais Futebol