Topo

Futebol


Clube inglês anuncia que não renovará, e Cavalieri fica livre no mercado

Divulgação/Crystal Palace
Goleiro brasileiro de 35 anos não entrou em campo pelo Crystal Palace neste ano Imagem: Divulgação/Crystal Palace

Do UOL, em São Paulo

2018-06-09T17:47:16

09/06/2018 17h47

Depois de apenas três meses e nenhuma partida oficial disputada, o experiente goleiro Diego Cavalieri deixa o Crystal Palace, da Inglaterra, e fica livre no mercado. O próprio clube inglês anunciou a decisão de não renovar o contrato do jogador de 35 anos por meio de uma publicação em seu site: "O curto contrato de Cavalieri chegou ao fim, tendo ele sido contratado em março. O clube gostaria de deixar registrado o agradecimento por seus esforços durante o tempo que passou no Crystal Palace, e desejá-lo bem no restante de sua carreira". Além do goleiro, o clube que terminou o Campeonato Inglês em 11º lugar também dispensou mais dois jogadores: Damien Delaney e Chung-yong Lee.

Desta forma, Diego Cavalieri agora busca novos desafios para o segundo semestre de 2018. Ele havia sido contratado pelo Crystal  Palace no momento em que o goleiro argentino Julián  Speroni estava lesionado e o galês Wayne  Hennessey sem um reserva à altura na reta final do Campeonato Inglês. Com a recuperação do argentino, o clube decidiu abrir mão do brasileiro.

Cavalieri atuou três temporadas na Premier League pelo Liverpool, experiência que antecedeu a longa trajetória com a camisa do Fluminense, quando foi campeão brasileiro de 2012 e disputou mais de 300 partidas. Ele foi dispensado pelo clube no início desta temporada, avisado por meio de mensagem em aplicativo de celular e uma ligação, porque tinha contrato até 2019 e um dos maiores salários do elenco. O goleiro saiu magoado pela forma de tratamento.

Mais Futebol