Clube inglês anuncia que não renovará, e Cavalieri fica livre no mercado

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Crystal Palace

    Goleiro brasileiro de 35 anos não entrou em campo pelo Crystal Palace neste ano

    Goleiro brasileiro de 35 anos não entrou em campo pelo Crystal Palace neste ano

Depois de apenas três meses e nenhuma partida oficial disputada, o experiente goleiro Diego Cavalieri deixa o Crystal Palace, da Inglaterra, e fica livre no mercado. O próprio clube inglês anunciou a decisão de não renovar o contrato do jogador de 35 anos por meio de uma publicação em seu site: "O curto contrato de Cavalieri chegou ao fim, tendo ele sido contratado em março. O clube gostaria de deixar registrado o agradecimento por seus esforços durante o tempo que passou no Crystal Palace, e desejá-lo bem no restante de sua carreira". Além do goleiro, o clube que terminou o Campeonato Inglês em 11º lugar também dispensou mais dois jogadores: Damien Delaney e Chung-yong Lee.

Desta forma, Diego Cavalieri agora busca novos desafios para o segundo semestre de 2018. Ele havia sido contratado pelo Crystal  Palace no momento em que o goleiro argentino Julián  Speroni estava lesionado e o galês Wayne  Hennessey sem um reserva à altura na reta final do Campeonato Inglês. Com a recuperação do argentino, o clube decidiu abrir mão do brasileiro.

Cavalieri atuou três temporadas na Premier League pelo Liverpool, experiência que antecedeu a longa trajetória com a camisa do Fluminense, quando foi campeão brasileiro de 2012 e disputou mais de 300 partidas. Ele foi dispensado pelo clube no início desta temporada, avisado por meio de mensagem em aplicativo de celular e uma ligação, porque tinha contrato até 2019 e um dos maiores salários do elenco. O goleiro saiu magoado pela forma de tratamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos