Grêmio cita jovens e não vê necessidade de reposição a Jailson

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Volante está negociando com Santos e deve deixar o Grêmio antes da Copa do Mundo

    Volante está negociando com Santos e deve deixar o Grêmio antes da Copa do Mundo

Jailson negocia com o Santos e o Grêmio não indica que possa contratar alguém para repor a provável saída do volante. Comissão técnica e diretoria citam as alternativas do grupo e até jovens para entender que os investimentos são desnecessários no momento. Contratações só devem ocorrer em caso de transferências que impactem diretamente o time titular.

Aos 22 anos, Jailson é suplente de Maicon e Arthur nesta temporada. Em 2017, ele foi o substituto de Michel na reta final da Libertadores e no Mundial de Clubes.

"Temos o Michel, Kaio, Matheuzinho. Temos o Thaciano. O Grêmio é grande, é forte. O grupo é bom. É normal no futebol brasileiro algum jogador sair. Eu fico feliz pelo o Grêmio ter vários jogadores sondados. É pelo futebol, pelo o que eles estão fazendo. Vamos esperar o que vai acontecer nessa janela, não só com o Jailson. Se alguém tiver que sair, vamos conversar. Mas para essa posição, temos jogadores. O Michel está aí, está machucado, mas vinha sendo importante. Mas vamos esperar as coisas acontecerem", disse Renato Gaúcho.

Contra o América-MG, Maicon ficou fora e Jailson também. O camisa 8 foi vetado pelos médicos e o jovem sobrou pela negociação em andamento. Coube a Cícero, então, atuar ao lado de Arthur. Nos últimos meses, a escalação do ex-jogador de Fluminense e São Paulo já havia ocorrido mesmo com Jailson à disposição em alguns momentos.

"O Grêmio está muito bem servido de volantes. Temos Matheuzinho, Bobsin, Kaio. Tem Thaciano. Tem Ramiro. Tem Maicon, Cícero, Michel. O Grêmio não pensa em mais nada", reforçou Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio.

Jailson chegou ao Grêmio em 2014 por indicação de um delegado. Ben-Hur Marchiori, torcedor do clube gaúcho, observou o jogador no Guarany de Bagé e indicou aos dirigentes tricolores. Antes de fazer parte do atual elenco, o atleta chegou a ser emprestado para a Chapecoense. No ano passado, interessou ao Fluminense e acabou mantido no grupo.

Em janeiro, o Hoffenheim-ALE sondou a condição de Jailson, mas não avançou. O interesse do Santos tem ligação direta com Jair Ventura, admirador do camisa 25. O Grêmio detém 60% dos direitos econômicos do volante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos