Condução do caso e adiamento fizeram Palmeiras já esperar derrota no TJD

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

  • THIAGO BERNARDES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

    Detalhe da final; Palmeiras ainda tenta impugnar a decisão pela polêmica do apito

    Detalhe da final; Palmeiras ainda tenta impugnar a decisão pela polêmica do apito

Antes mesmo de o TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva) negar o recurso em que o Palmeiras pedia que o tribunal julgasse o pedido de impugnação da final do Campeonato Paulista, o clube já contava com a decisão. Os motivos para o pessimismo iam desde a condução do processo desde o início, com direito a arquivamento de inquérito por parte do TJD e alegação do presidente Antônio Olim de que o Palmeiras havia perdido o prazo para entrar com o pedido de impugnação, até o adiamento do julgamento do recurso, que deveria ter acontecido na semana passada. Olim alegou que a greve dos caminhoneiros atrasou a pauta do tribunal. Sem desistir de tentar provar que houve interferência externa na arbitragem e impugnar a final, o Palmeiras vai recorrer ao STJD nos próximos dias.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos