De malas prontas, Vinicius Jr. decreta: "Prefiro jogar no Real Madrid"

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/Divulgação

    Vinicius Júnior está próximo de anunciar a despedida do Flamengo de maneira oficial

    Vinicius Júnior está próximo de anunciar a despedida do Flamengo de maneira oficial

A despedida do Flamengo ainda não foi oficializada, mas ao que tudo indica Vinicius Júnior fez mesmo a última partida com a camisa rubro-negra no empate por 1 a 1 com o Palmeiras. Comprado pelo Real Madrid-ESP por 45 milhões de euros, o jovem está prestes a completar 18 anos de idade e já sabe o que deseja de aniversário: jogar pelo atual tricampeão da Champions League já no segundo semestre.

Vinicius Júnior se apresenta ao Real em julho para a realização da pré-temporada. A partir daí, o clube define o que fará com o jogador. As possibilidades estão em defender o Madrid, ser emprestado para outro clube europeu ou voltar ao Flamengo para atuar até o final do ano. A última, no entanto, foi praticamente descartada pelo atacante em entrevista ao jornal espanhol Marca.

"Prefiro jogar no Real Madrid, mas eles vão ver o que é melhor para mim. Se decidirem que é melhor ficar para me adaptar ao futebol espanhol e ao clima, que é diferente, aceitarei e trabalharei muito para evoluir e voltar o quanto antes possível", afirmou.

A definição sobre o futuro do jogador será tomada até o mês de agosto. O fato é que a escolha de Vinicius Júnior já está decidida. As partes, agora, terão de chegar ao denominador comum sobre o que é o melhor para um jovem no qual o Real Madrid aposta bastante.

"Vou tentar me adaptar o mais rápido possível e espero integrar o elenco. Não sei se estou preparado, ainda não treinei com os jogadores. O Madrid verá o que é melhor para que eu evolua o mais rápido possível", comentou.

Seguido desde os 12 anos pelo Real, Vinicius Júnior também teve a oportunidade de escolher entre Barcelona-ESP e Paris Saint Germain-FRA. Formado pelo Flamengo, ele disse estar pronto para a pressão que enfrentará na Espanha.

"As pessoas que saem da base do Flamengo estão acostumadas com a pressão. Jogar nas categorias inferiores da seleção brasileira também ajuda muito. Eu sei que o Real Madrid é um clube diferente, um dos maiores do mundo. Vou deixar o maior do Brasil e ir ao maior da Espanha", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos