Topo

Futebol


Santos se acerta com Monterrey por Sánchez, e reforço depende de salários

Buda Mendes/Getty Images
Volante Carlos Sánchez defende o Uruguai na Copa do Mundo, da Rússia Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

20/06/2018 04h00

O Santos chegou a um acordo com o Monterrey, do México, para conseguir a liberação do volante Carlos Sánchez. O clube paulista pagará U$S 1 milhão (R$ 3,7 milhões) para que o atleta deixe o clube mexicano após a Copa do Mundo – antes do término de seu contrato, válido até em dezembro deste ano.

A boa relação do Santos com o Monterrey – os dois times realizarão amistoso no período de Copa do Mundo, no dia 7 de julho – facilitou para que o clube mexicano aceitasse a proposta santista.

O UOL Esporte apurou que a contratação não foi fechada pois não ainda houve acordo salarial entre o Santos e o uruguaio de 33 anos de idade. O clube paulista ofereceu U$S 90 mil mensais (R$ 337 mil), mas os representantes do atleta não aceitaram e prometeram enviar uma contraproposta.

A diretoria santista agora aguarda a resposta para tentar fechar a contratação de Sánchez, autor da assistência do gol de Giménez que garantiu a vitória do Uruguai por 1 a 0 sobre o Egito aos 44 minutos do segundo tempo, na estreia da seleção sul-americana na Copa do Mundo deste ano.

Sánchez é considerado o jogador ideal para reforçar o meio-campo, setor mais carente do elenco. Isso porque o Santos precisa de volantes e meias, e o uruguaio é polivalente, podendo exercer mais de uma função. Segundo volante de origem, ele já atuou até como ponta na seleção uruguaia.

O jogador tem como maior conquista em sua carreira a Copa Libertadores da América de 2015, quando defendia o River Plate, da Argentina. A experiência do jogador na competição continental pesou para que o Santos abrisse negociações.

Além de River Plate e Monterrey, Carlos Sánchez, que é destro e tem 1,70 m de altura, defendeu Liverpool-URU, Aragua-VEM, Godoy Cruz-ARG e Puebla-MEX.

Santos negocia com outro uruguaio

Além do volante Carlos Sánchez, o Santos negocia com outro uruguaio para reforçar o time para o segundo semestre. A diretoria santista abriu negociações para contratar o atacante Jonathan Álvez, do Junior Barranquilla, da Colômbia.

O Santos conta com a ajuda de investidores para tirar o centroavante do clube colombiano. Apesar de ter contrato de três temporadas por lá, Álvez está com dificuldades para receber o salário em dia e já avisou que deseja se transferir para o Brasil.

Em reunião, o Comitê Gestor do Santos aprovou a contratação de Álvez mesmo sabendo que o uruguaio não poderá defender o time na Copa Libertadores da América, pois já entrou em campo pelo time colombiano.

Mais Futebol