Renan Ribeiro deve trocar de clube e ocupar lugar de Júlio César no Benfica

Marcus Alves

Colaboração para o UOL, de Lisboa (POR)

  • Divulgação/Estoril

    Renan Ribeiro posa em sua apresentação no Estoril, em dezembro de 2017

    Renan Ribeiro posa em sua apresentação no Estoril, em dezembro de 2017

Sem um nome confiável para o gol desde que o veterano Júlio César rescindiu o seu contrato para defender o Flamengo e se aposentar, o Benfica tem acordo verbal fechado para pôr fim à caça por um substituto. Renan Ribeiro, ex-São Paulo, é o escolhido do clube para tentar garantir um pouco mais de tranquilidade em sua meta. Na última temporada, Bruno Varela, 23 anos, e Mile Svilar, 18, foram motivos de críticas.

Agora, a expectativa dos portugueses é de negociar pelo menos um dos dois nos próximos dias e, assim, avançar para a contratação do ex-tricolor ao Estoril. Ele chega para disputar posição com o alemão Odisseas Vlachodimos, trazido do Panathinaikos.

Conforme apurado pelo UOL Esporte, Renan não marcou presença na reapresentação do Estoril nesta semana.

Depois de ser rebaixado para a segunda divisão local, o time retomou os seus trabalhos na última segunda-feira com a realização de exames médicos. Entre as novidades, está o goleiro César, revelação do Londrina que se destacou na conquista da Primeira Liga e quase foi parar no Palmeiras.

Ele desembarcou por empréstimo de um ano, como aposta mais barata para o escalão inferior.

O negócio entre o Benfica e o Estoril chegou a esfriar nas últimas semanas, com Renan Ribeiro sendo oferecido ao rival Sporting por representantes da empresa TFM, ex-Traffic, como forma de pressão. No entanto, não houve retorno positivo em Alvalade, que enfrenta caos político com a rescisão de contrato de diversos atletas, incluindo o goleiro Rui Patrício, após ataque de vândalos.

Renan tem contrato com o Estoril até 2020.

Ponte aérea São Paulo-Lisboa

O interesse do Benfica em Renan Ribeiro não é novo.

No mercado, interlocutores ouvidos pela reportagem afirmam que a tratativa é conduzida desde a sua chegada a Portugal, em janeiro. O Estoril seria, assim, apenas uma "ponte" para o camisa 1 retomar o ritmo de jogo e desembarcar na Luz após antecipar o fim de seu contrato com o São Paulo e rescindi-lo em comum acordo em dezembro.

O agente Giuliano Bertolucci, que cuida da carreira do jogador de 28 anos, tem forte entrada nos atuais vice-campeões portugueses e conta com um representante no país à frente de seus negócios.

Renan Ribeiro deixou boa impressão em seus primeiros seis meses no futebol local e foi parte da reação inicial do Estoril no segundo turno do campeonato. Não foi suficiente para compensar a série de mais de dez partidas sem vencer no início do campeonato e evitar o rebaixamento.

Ao todo, ele sofreu 26 gols em 17 jogos com o clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos