STJD suspende jogadores de Fla e Vasco por conta de confusão em clássico

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/Agif

    Jogadores de Flamengo e Vasco brigam no fim do jogo pelo Brasileiro

    Jogadores de Flamengo e Vasco brigam no fim do jogo pelo Brasileiro

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva puniu na tarde desta segunda-feira quatro jogadores de Flamengo e Vasco envolvidos na confusão no fim do clássico realizado entre as equipes na sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Os rubro-negros Cuéllar e Rhodolfo foram suspensos por uma partida. Já os cruzmaltinos Breno e Riascos (que deixou o clube) pegaram gancho de dois jogos. Everton Ribeiro, da equipe da Gávea, foi absolvido. A decisão cabe recurso.

O quarteto foi enquadrado no artigo 250 (ato hostil), que previa até três partidas de suspensão. Inicialmente eles foram julgados no artigo 254-A (agressão), que poderia puni-los com até 12 jogos de gancho. A relatora, no entanto, acatou o pedido dos advogados de defesa para descaracterizar.

O tumulto aconteceu após uma falta de Riascos em Everton Ribeiro, já nos acréscimos da partida. O vascaíno empurrou o rubro-negro e o restante dos jogadores se envolveram na confusão.

Riascos deixou o Vasco no início deste mês rumo ao futebol chinês. Caso retorne ao Brasil, terá que cumprir a punição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos