De saída, Vinicius Júnior puxa fila da base e resgata mantra do Flamengo

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Lucas Paquetá e Vinicius Júnior se destacaram no Flamengo em 2018

    Lucas Paquetá e Vinicius Júnior se destacaram no Flamengo em 2018

"Craque o Flamengo faz em casa". O famoso mantra do clube finalmente voltou a fazer sentido. Com Vinicius Júnior se despedindo oficialmente na tarde desta segunda-feira no Ninho do Urubu, o Rubro-Negro chancelará o período de boa colheita dos frutos que plantou mesmo em meio a uma era de austeridade financeira.

Justamente quando tem "bala na agulha" para disputar de igual para igual jogadores de alto nível no mercado brasileiro, o Flamengo tem se beneficiado de suas pratas-da-casa. Na fila puxada pelo jovem atacante vendido ao Real Madrid pela bagatela de 45 milhões de euros (cerca de R$ 154 milhões), estão ainda Lucas Paquetá, Lincoln, Thuler e Léo Duarte, hoje integrantes do elenco profissional.

Engrossava ainda a tropa dos "meninos do Ninho" o atacante Felipe Vizeu, que também foi negociado e jogará na Udinese, da Itália.

Há quem diga que a próxima bola da vez será Lucas Paquetá. O jovem meia de 20 anos tem sido o principal destaque do Flamengo na temporada, foi incluído na lista de pré-convocados para a Copa do Mundo e tem multa rescisória estipulada em 50 milhões de euros (cerca de R$ 217 milhões).

Vice de futebol rubro-negro, Ricardo Lomba afirma que o clube não abrirá mão do valor.

"A situação do Paquetá é assim. Ele tem uma multa estipulada, se um clube chegar a pagar e multa não há negociação. A multa existe justamente para proteger o clube desse tipo de situação. Se algum clube chegar e pagar a multa, leva o jogador. Caso contrário, vai ter que fazer uma proposta e trabalhar muita coisa nessa proposta. Acho pouco provável que Paquetá venha ser negociado por algum valor inferior a multa contratual. Gostamos muito do jogador e acreditamos que ele tem muito para dar ao Flamengo ainda. Então, a gente espera que ele fique com a gente por bastante tempo ainda", disse, em entrevista ao site "Torcedores".

Jogador de maior destaque da safra, Vinicius estreou pelo profissional do Flamengo em 2017, quando tinha apenas 16 anos de idade. Neste ano, ganhou destaque com a ida de Éverton para o São Paulo e assumiu a condição de titular. Conquistou a Taça Guanabara, seu primeiro título pelo clube. Desde janeiro, foram 32 jogos e dez gols pelo Rubro-Negro. 

Dando mais um sinal de valorização da base, o Flamengo recentemente realizou obras no centro de treinamento do Ninho do Urubu exclusivamente para atender as categorias inferiores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos