Grêmio reintegra Jailson e vê negócio com Santos em 'stand by'

Jeremias Wernek e Samir Carvalho

Do UOL, em Porto Alegre e Santos

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Jailson (à direita) motivou oferta do Santos ao Grêmio no início do mês

    Jailson (à direita) motivou oferta do Santos ao Grêmio no início do mês

Jailson segue como jogador do Grêmio - pelo menos até segunda ordem. Dezoito dias depois de o Santos apresentar proposta, o volante treina em Porto Alegre à espera de uma resposta dos dirigentes paulistas. A permanência no clube gaúcho, contudo, ganha força por conta das indefinições na Vila Belmiro.

Para o Grêmio, o negócio ainda pode sair. Resta ao Santos confirmar a proposta.

Aos 22 anos, Jailson motivou oferta de 3 milhões de euros (R$ 13 milhões na cotação atual) ao Grêmio no início do mês. O clube gaúcho aceitou, mas a transferência travou na parte do Santos e o investidor parceiro.

A operação era considerada tão avançada que o volante foi retirado das partidas contra América-MG e Sport para não realizar o sétimo jogo no Brasileirão. Porém, o tema não evoluiu durante a folga geral. O Santos, na semana passada, pediu mais prazo para responder.

O Grêmio retomou os treinos na última segunda-feira, e Jailson foi ao CT Presidente Luiz Carvalho. No dia seguinte, o volante novamente trabalhou. Sem novidades por parte do Santos, o clube gaúcho tomou a iniciativa de tranquilizar o atleta e seu estafe. Ele foi reintegrado.

Atualmente, Jailson é considerado um jogador do elenco do Grêmio. Sem limitações no dia a dia. O período de recesso favorece, pois não há partida que possa criar empecilho ao negócio. Ainda assim, as partes desejam uma definição em breve para encerrar a sensação de incerteza.

Entre os jogadores do Grêmio, há um certo clima de descontração diante do caso. O meia-atacante Everton postou foto no Instagram com Jailson e escreveu "se queda". Uma brincadeira com episódio envolvendo Gerard Piqué e Neymar às vésperas da transferência do camisa 10 do Barcelona para o Paris Saint-Germain.

O Comitê Gestor do Santos se reúne nesta quarta-feira e deve, uma vez mais, analisar a situação envolvendo proposta por Jailson. Um investidor é o responsável pela oferta e apresentou termos de quitação por parte do clube que desagradaram os dirigentes. Jailson, até segunda ordem, segue no Grêmio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos