Clube do futebol árabe conversa com o Atlético-MG para levar meia Cazares

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Douglas Magno/O Tempo/Estadão Conteúdo

    Mais um! Principal organizador de jogadas do Atlético despertou interesse do futebol árabe

    Mais um! Principal organizador de jogadas do Atlético despertou interesse do futebol árabe

O meia Juan Cazares, do Atlético-MG, despertou o interesse do Al-Hilal, da Arábia Saudita. As duas partes já conversam desde a semana passada e há a possibilidade de o clube mineiro perder seu principal organizador. A informação do clube interessado no atleta foi antecipada pela Rádio Inconfidência e confirmada pelo UOL.

Na Rússia para a Copa do Mundo, o agente André Cury é quem conduz o negócio. Ele tenta acertar a ida do jogador para o futebol árabe há pelo menos duas semanas. Os valores não são confirmados pelas partes.

O Atlético detém 50% dos direitos econômicos de Juan Cazares. Os mineiros pagaram US$ 1,5 milhão para tirá-lo do Independiente del Valle, do Equador, em fevereiro de 2016.

O contrato do equatoriano na Cidade do Galo foi renovado no início da atual temporada. Ele tinha vínculo até dezembro de 2019. Contudo, prorrogou a estadia na capital mineira por mais um ano, até o fim de 2020.

Vale lembrar que o Atlético já cedeu dois jogadores por empréstimo ao futebol árabe. O primeiro deles foi o meia Romulo Otero, que assinou com o Al-Wehda. Nos últimos dias, o clube também confirmou a transferência do volante Yago para o Al-Qadisiyah.

Cazares chegou ao Galo na temporada de 2016 e sempre foi a esperança na organização das jogadas. Atual camisa 10, o jogador é tratado como um dos mais inteligentes no grupo, mas é frequentemente questionado por apresentar altos e baixos dentro de campo. Em 130 partidas realizadas, o meia já marcou 24 gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos